Como fazer o seu Site aparecer no Google?

11/02/2018 às 10:50 AdWords

Como fazer o seu Site aparecer no Google?

Muitos empreendedores se fazem estas perguntas todos os dias e claro muitas vezes não conseguem atingir os resultados esperados. Com a dificuldade para fazer com que seu site apareça bem no Google, o número de anúncios no Google Adwords tem aumentado. Porém, muitas vezes o custo é bastante alto e desnecessário, já que com um pouco de esforço e persistência é possível atingir resultados parecidos com tráfego orgânico.

Não existe nenhuma fórmula mágica para que seu site comece a aparecer no Google, mas existem meios que são relativamente fáceis de serem realizados. Confira como fazer o seu site aparecer no Google:

Produza um conteúdo de qualidade

O primeiro ponto para conseguir aparecer no Google é fazer um bom conteúdo. Mas o que é um bom conteúdo? É um conteúdo com informações relevantes sobre qualquer tema, que agregue na vida de seus clientes.

Esse tipo de conteúdo é bem avaliado pelo Google por conta da originalidade e da relevância. Não adianta criar um site e copiar conteúdo de outros, isso é plágio e é considerado crime. E por mais que você cite as fontes, o mais interessante é criar os seus próprios textos.

No mundo digital, para sua empresa ter credibilidade no mercado será preciso criar um conteúdo autoral de qualidade. Para mostrar que você é especialista e domina um assunto, estude e pesquise sobre para poder passar conhecimento e prover soluções para seus leitores, o que fará o seu site ser valorizado pelo Google.

Use as técnicas de SEO

O SEO (Search Engine Optimization) é um conjunto de técnicas com o objetivo de otimizar o seu site para os motores de busca. Para iniciar uma estratégia de SEO, é preciso primeiro pesquisar as melhores palavras-chave, termos que estarão presentes no título e em pontos importantes de cada texto do seu site.

Além do uso da palavra-chave, o SEO também prevê o uso de algumas tags, como a meta descrição, que visam tornar o texto mais atrativo para o leitor, e também a organização dos textos, com título, subtítulo, boxs, bullets points, tornando a leitura mais rápida.

Tenha uma boa estratégia de link building

O link building é uma estratégia que consiste na troca de indicações entre sites. Essa é uma boa forma para demonstrar a importância do seu site para o Google. É essencial que as parcerias e indicações sejam feitas de forma espontâneas, com links embutidos no texto para que os mecanismos de busca possam validar o conteúdo.

Quando sites e blogs inserem links em seus conteúdos que direcionam para o seu site, o Google avalia que seu site tem bastante relevância, já que é citado em outros sites do ramo.

Indexe o seu site no Google

Indexe o seu site através das Ferramentas do Google para Webmasters. Apesar da resposta do Google demorar um pouco, pedir a indexação de seu site pode ajudar (e muito!) na hora de ranquear no site de buscas.

Afinal, os mecanismos de busca com o Google demoram a ler novas páginas de internet e por isso dar uma forcinha para isso é bem indicado.

Tenha uma boa estratégia de marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo é um método utilizado para esquematizar uma estratégia de conteúdo para que seu site consiga atrair mais clientes e sua empresa possa crescer no mercado digital. Através da divisão das pautas para os três estágios do funil de vendas, é possível atrair novos visitantes para que eles conheçam, passem a confiar e por fim comprem de sua empresa.

Conhecer as técnicas do marketing de conteúdo é essencial para produzir conteúdo de qualidade. Saiba que apenas os sites que oferecem conteúdo relevante para os leitores conseguem se manter na primeira página do Google.

Além do foco na criação de conteúdo, o marketing de conteúdo também consegue analisar o crescimento do seu site e como os visitantes estão aproveitando o conteúdo produzido, mensurando todas as taxas importantes para o crescimento da ferramenta.

Através dessa análise do desempenho do seu site, é possível resolver problemas e trabalhar os pontos fracos e reforçar os pontos fortes.

Confira também dicas para atrair mais clientes para sua empresa.

O que o Google leva em conta na hora do ranqueamento?

Os mecanismos de busca do Google estão mais atentos contra sites que tentam burlar o sistema. Antigamente, algumas pessoas criavam conteúdo repetido, duplicado ou repetindo várias vezes o mesmo termo durante um texto e conseguiam figurar entre as primeiras páginas do Google.

Com a atualização do motor de busca, se tornou mais difícil ranquear bem através desse tipo de estratégia. O primeiro ponto que o Google avalia atualmente para ranquear o conteúdo é na relevância do seu site.

Não adianta nada que seu site tenha um conteúdo excelente e ainda seja pouco conhecido, tendo poucas visitas. Um bom conteúdo se tornará mais relevante naturalmente com o tempo.

Outro ponto avaliado são os links que redirecionam para o seu site. Não adiante que sites desconhecidos ou mal vistos pelo Google citem o seu site, isso em vez de passar uma boa ideia do seu site, passará uma má interpretação. É importante que os sites que apontem links para seu conteúdo sejam prestigiados pelo Google, para que o seu site seja bem quisto pela plataforma.

A organização interna também é bastante analisada. Saiba como distribuir a palavra-chave em cada conteúdo, de forma natural e coerente. Otimize seu site utilizando as técnicas de SEO para fazer com que seu conteúdo seja fácil de serem lidos e seja visto com bons olhos pelo Google.

A experiência do usuário em seu site também conta bastante na hora do ranqueamento. É preciso produzir um conteúdo de boa qualidade, com informações relevantes e também adotar um layout que facilite a navegação pelo seu site, deixando o mais simples possível para seus leitores.

Todas as estratégias citadas acima irão melhorar o seu site, aumentando o número de visitas, assim como o tempo de permanência dos visitantes, entre outras métricas de sua página.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog e baixe o Ebook Como anunciar no Adwords. Conheça nossos planos de Google Adwords.

Gostou de nosso post? Compartilhe: