Como criar um sitemap XML para indexar um site rapidamente no Google

19/11/2018 às 18:23 SEO

Como criar um sitemap XML para indexar um site rapidamente no Google

Recentemente, surgiu uma nova maneira para indexar rapidamente um site no Google: o envio do sitemap XML a plataforma.

A indexação de um site no Google é extremamente valiosa, já que no SEO é relevante para o ranqueamento dos resultados de busca.

Com a possibilidade de envio de um sitemap para o Google além de ser importante, torna a indexação mais rápida, agilizando um processo que chegava a levar meses para ser concluído.

E apesar de muita gente já ter ouvido falar, são poucos os que sabem o que é um sitemap.

O que é um sitemap?

Como o nome já diz, sitemap é um mapa do site. Em outras palavras, o sitemap é uma lista com os endereços de todas as páginas do seu site.

O sitemap organiza e indica qual é a página principal e qual são os caminhos para as demais páginas do seu site.

Um sitemap por ter o formato XML ou mesmo no formato HTML.

A diferença entre os formatos justifica os motivos para o uso do sitemap XML, são que no HTML os links de cada URL são agrupados dentro de uma sessão, o que não facilita em nada a leitura do algoritmo do Google.

Até por isso, o sitemap no formato HTML é cada vez mais raro no mundo digital atualmente.

Com o declínio do HTML, o sitemap XML apresenta uma lista com todas as páginas agregados a outras informações que facilitam a indexação rápida do seu site no Google.

Como criar um sitemap XML?

Criar um sitemap XML não é difícil. O objetivo desse formato é facilitar a indexação do site, fazendo com que o Google o indexe rapidamente em questão de horas ou poucos dias.

E para criar um sitemap XML é possível utilizar algumas ferramentas que geram essa lista de endereços web do seu site automaticamente.

Porém, em alguns casos será preciso criar o arquivo sem a ajuda dessas ferramentas. Isso acontece por que a maioria dos serviços tem limitações no número de URLs que podem ser listadas.

Sites como portais de notícias e lojas virtuais, poderão sofrer muito conhecimento, já que geralmente são cheios de menus, sub menus, etc.

E para ter a certeza de que a ferramenta listou todas as URLs que você determina, cheque o sitemap XML e veja se os links estão todos certos, isso é essencial para garantir que a indexação do seu site no Google acontecerá rápido e não cairá em nenhum erro que atrase o processo.

Confira também: Vantagens do Cloud Server.

Um dos pontos que tornam o sitemap XML mais prático e recomendável para o Google é que nesse formato é possível vincular algumas informações importantes a cada link.

Entre outros dados, é preciso adicionar a cada link do sitemap como a data de publicação ou modificação de uma página, a frequência de atualização e a prioridade dela dentro do seu site, entre outros.

Essas informações facilitam ao Google não só a indexar o seu site, mas também a acostumar os algoritmos da plataforma a checar as páginas do seu site dentro do seu nível de atualização.

Se você, por exemplo, tiver um portal de notícias, você poderá marcar que a frequência de atualizações das páginas é diária e isso fará com que o algoritmo visite o seu site todos os dias.

Em questão de prioridade, pegando o mesmo exemplo, é possível marcar como principais prioridades, as editorias do seu portal que são mais importantes para o seu público.

Isso redobrará a atenção dos robôs do Google sobre as páginas.

Como enviar o sitemap XML do meu site ao Google?

Antigamente, para indexar um site, o usuário tinha que entrar na ferramenta Google Webmaster Tools, solicitar a indexação do URL e esperar.

Com o sitemap XML, esse processo se agilizou dentro dos buscadores.

E para enviar um sitemap XML ao Google é preciso acessar o Google Search Console.

A ferramenta é gratuita e é essencial não só para a indexação como também para o rastreamento das paginas e correção de erros de SEO, etc.

Entrando no serviço, o usuário terá acesso a parte de “adicionar sitemap”.

Ao achar esse botão para upar e enviar o sitemap XML do seu site ao Google e em pouco tempo você verá que o seu site estará indexado ao buscador.

Qual é a importância de indexar um site ao Google?

A indexação de sites é simplesmente colocar o seu site no índice do Google.

E por que isso é necessário? Bom, é simples! Se o seu site não estiver indexado ao Google, a chance dele ser listado nos resultados de busca é mínima.

Existem duas maneiras principais de indexar um site ao Google: o envio de um sitemap ao Google e o site ser encontrado por links de outros sites confiáveis apontados para ele.

Os robôs do Google para ranquear o seu site, precisam saber que ele existe e por isso a indexação é tão importante.

Por isso, em vez de criar uma plataforma de link building para indexar o seu site, você pode enviar um sitemap ao Google e já colocá-lo no índice da plataforma poucos dias após o lançamento.

A importância de indexar o site ao Google se dá por que a plataforma é o principal buscador da web.

Hoje em dia, muitos consumidores buscam o site para pesquisar sobre produtos, temas atuais, etc.

E é por conta disso que seu site deve constar no Google.

Só assim, você poderá montar uma estratégia de SEO para que seu site chegue ao topo do ranking nos resultados de busca para o seu segmento de mercado.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog. Conheça o nosso serviço de Cloud Gerenciado.

Gostou de nosso post? Compartilhe: