Como criar o seu MVP com a ajuda do WordPress

17/04/2019 às 09:12 WordPress

Como criar o seu MVP com a ajuda do WordPress

Sabia que é possível criar o seu MVP com a ajuda do WordPress? É isso que iremos que lhe mostrar neste texto.

O MVP (produto mínimo viável, na tradução da sigla para o português) é um experimento comercial feito por muitas empresas no mercado atual que consiste em achar um produto viável comercialmente com o menor investimento possível.

Dessa forma, a empresa não gasta muitos recursos para criar um produto e isso diminuir os riscos do investimento. Por isso, o MVP foi criado, para ser a versão base de produtos e servir como base para a validação de ideias.

Hoje em dia, principalmente as empresas do setor de tecnologia, fazem uso desse conceito para a criação de novos produtos.

O que é um MVP?

Como o próprio nome já diz, é o produto mínimo viável, ou seja, o produto base para a criação de um produto inovador.

Basicamente, se realiza um investimento pequeno para a construção de uma versão básica de um produto, tendo todas as funcionalidades que ele precisa ter.

A segunda fase é lançar ou realizar testes junto a usuários para que eles possam analisar a experiência que tiveram com o produto e dar um feedback para uma empresa

. Num mercado tão concorrido, a criação de um MVP é essencial para validar ideias e encontrar novos problemas para serem resolvidos.

O MVP consegue testar a usabilidade do seu produto, verificar a aceitação com o grupo de testadores e até comparar o seu produto com outras opções de mercado.

Dizemos que achamos o MVP, quando conseguimos criar um produto base e retirar todas os seus pontos fracos.

Sim, fazer o teste com produtos de baixo investimento é uma forma de economizar dinheiro para achar possíveis vulnerabilidades.

Depois da validação do seu MVP, você pode pensar em fazer um investimento maior para dar robustez ao produto, criando a solução que, de fato, você pensa em lançar no mercado.

Se pararmos para ver o filme A Rede Social, que mostra como Mark Zuckerberg criou o Facebook. Podemos ver que a plataforma que se tornaria a maior rede social do mundo começou pelo MVP.

O filme mostra que após a ideia ter surgido, Mark criou um site simples para alunos da Universidade de Harvard, onde ele estudava, e usando como base aqueles usuários, ele conseguiu definir quais eram os elementos básicos que o Facebook precisaria ter para promover a interação social.

Dessa forma, Zuckerberg conseguiu moldar um MVP de baixo investimento e depois captar mais grana para expandir o alcance do Facebook.

O resultado está aí: hoje o Facebook é a principal rede social e uma das empresas mais valiosas do mundo.

Confira também: Melhores plugins para WordPress.

Como o WordPress pode me ajudar a criar o meu MVP?

O WordPress é o principal CMS do mundo. E como muitos sites são hospedados na plataforma, é preciso saber como é possível realizar testes para achar o MVP da sua empresa

. Existem algumas formas fáceis de colher mais informações que podem ser usadas no WordPress.

Uma das formas mais comuns de validar uma ideia no WordPress é através das landing pages. Você pode criar um questionário sobre um produto ou mesmo oferece-lo através da página de captura e assim conseguir dados de contatos de potenciais clientes.

Dessa forma, você pode colher o feedback deles após o uso do produto e conseguir informações que possam tornar o produto mais completo e atento as necessidades destes usuários.

A criação e otimização de landing pages no WordPress é relativamente fácil e os resultados podem ajudar bastante na hora de achar o seu MVP.

Essa foi a estratégia utilizada pelo Dropbox, um dos principais serviços de armazenamento na nuvem do mundo. No início, a empresa não ofereceu o produto aos clientes.

Basicamente, eles criaram uma landing page com um vídeo de 30 segundos onde explicavam o funcionamento do produto.

E aliado a isso, eles prometeram que os usuários que assinassem o formulário da landing page teriam prioridade no teste do produto.

Dessa forma, eles conquistaram rapidamente uma base de 70 mil e-mails e perceberam que tinham achado a versão base do Dropbox.

A segunda maneira é criar um blog no WordPress. Isso mesmo! Um blog não é um produto, a não ser que você esteja trabalhe com um portal de notícias, mas através dele é possível medir o interesse do público sobre certo assunto e testar a capacidade de geração de audiência, o que denuncia o número de interessados sobre o tema.

Criar hotsites de pré-lançamento no WordPress também é uma excelente maneira de formatar o seu MVP.

Essa é uma excelente maneira de colher informações do seu público, medir a expectativa e projetar a demanda. Assim também é possível eliminar pontos fracos, acrescentar novas ideias e definir melhor o preço da solução que você pretende lançar.

Simplificar sempre é o melhor

E por fim, quem tem um e-commerce também pode aprimorar a sua loja virtual através do WordPress.

Faça uma versão simples da sua loja contendo o principal: o catálogo de produtos, página de checkout e informações básicas da sua empresa. Se possível crie duas versões do site e veja qual é o layout preferido dos seus clientes.

Essa também é uma maneira de ter uma noção dos produtos mais procurados na sua loja e identificar erros de precificação e utilidade.

Assim, você pode moldar a sua futura loja virtual com base nas informações obtidas no seu MVP.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog. Conheça o nosso serviço de Hospedagem WordPress.

Gostou de nosso post? Compartilhe: