Como criar e vender site para campanha política?

03/05/2018 às 15:09 Ajuda

Como criar e vender site para campanha política?

Não é novidade para ninguém que a internet é uma ferramenta fundamental e decisiva para os candidatos nas eleições desse ano. E a principal plataforma da campanha online é o site do candidato.

Ele é a base de todos os conteúdos produzidos e divulgados e funcionará como berço de todas as informações que os eleitores procuram. Mas como criar e vender site para campanha política? Leia esse artigo até o final e saiba como fazer isso. 

Principais seções do site

O site de um candidato funciona como sua plataforma eleitoral online. Por isso, a aplicação deve ser a mais completa possível, trazendo todas as informações institucionais pertinentes, as propostas e ideias do candidato, bem como as novidades e o cotidiano da sua campanha eleitoral. Veja as seções indispensáveis em um site desse tipo.

  • Homepage
  • Trajetória do Candidato
  • Projetos e Realizações
  • Propostas e Plano de Governo
  • Agenda
  • Notícias
  • Galeria de Fotos
  • Galeria de Vídeos
  • Área de Imprensa
  • Download de Material

A galeria de fotos e vídeos e a área de notícia são fundamentais. São duas peças-chave para trabalhar a diversidade de formatos. Leia o posto sobre revenda de hospedagem de site barata  

Mobilização

A mobilização deve ser o principal objetivo de qualquer candidato. Especialmente na internet, a influência dos amigos mais próximos tem um grande peso na decisão do voto. Por isso, cada página do site deve ser pensada para gerar compartilhamento e engajamento dos eleitores. Isso significa que você deve investir em:

  • Botões de compartilhamento nas redes sociais em todos os conteúdos do site.
  • Disponibilizar material de campanha para que os eleitores baixem e divulguem o candidato, como santinhos, imagem de perfil, logo, papel de parede ou adesivos.
  • Formulários para coleta de informações e contatos dos eleitores
  • Área de Imprensa: mantê-la atualizada com releases e fotos é essencial para o bom relacionamento com os jornalistas, além de aumentar suas possibilidades de divulgação espontânea.

Site responsivo

Segundo uma recente pesquisa, quase 80 milhões de brasileiros utilizam smartphones para acessar a internet. Portanto, o candidato precisa de um site que seja adequado ao tamanho das telas do celular, ou seja, o site precisa ser responsivo. 

Além da adequação e conforto para o leitor, ter um site responsivo se tornou um fator essencial para o ranqueamento nas pesquisas do Google.

Pensando em melhorar a experiência do usuário, a maior plataforma de buscas do mundo passou a excluir os sites que não são responsivos dos resultados das pesquisas feitas através de celulares. Aprimore seus conhecimentos em O que você precisa para ter uma revenda

Área Administrativa do site

A equipe que trabalha em uma campanha eleitoral atualizando as informações do site também precisa de agilidade e eficiência. Por isso, a área administrativa da aplicação onde são postadas as notícias, informações e fotos precisa ser bastante didática e fácil de usar. Não se esqueça desse detalhe!

Análise de Dados

Outro ponto extremamente relevante em uma campanha eleitoral é conseguir medir rapidamente o resultado da campanha de marketing digital. Por isso é ideal que o site ofereça uma área de dados onde a equipe possa acompanhar o comportamento do usuário. Fique atento em alguns detalhes como:

  • Total de acessos ao site
  • Páginas mais visitadas
  • Artigos mais compartilhados
  • Tempo de permanência do internauta no site
  • Fontes de acesso como as redes sociais, Google ou outras
  • Locais de acesso do site

Como vender o site? 

Vender sites feitos em WordPress pode ser muito fácil, pois a plataforma é muito conhecida mundialmente. Estima-se que 1 a cada 5 websites usa WordPress, o que corresponde a 20% de todo o conteúdo mundial. Conheça nosso serviço de Revenda de Hospedagem

Primeiramente você deve ter acesso a conta do Google Analytics do seu cliente que você deseja vender seu site. Se o seu cliente não tiver uma conta no Analytics, crie uma imediatamente para ele. 

Na hora de vender seu site é importante ter 3 coisas em mente:

1 – Estatísticas de tráfego:

Os possíveis compradores podem exigir os seguintes dados antes de bater o martelo: número de visitantes únicos, local de acesso, crescimento, tráfego vindo de redes sociais ou pesquisa orgânica, palavras-chave utilizadas para achar seu site, entre outras informações. O Google Analytics fornece todos esses dados.

2 – Finanças:

Um website nada mais é do que um negócio e se você leva seu árduo trabalho a sério, os registros financeiros deverão existir. Um relatório detalhado de todas as receitas junto com uma planilha de gastos deve satisfazer a maior parte dos compradores em potencial.  Afinal de contas, quando se fala em dinheiro, tudo deve ser bem claro.

3 – Uma carta de apresentação:

É necessário apresentar aos possíveis compradores o seu website e até mesmo alguns detalhes sobre você. Nessa apresentação deverá constar uma breve história do site, porque você deseja vender, o que seu site tem de especial e outros diferenciais que julgar importante para que convença o cliente a fechar a venda. 

Como encontrar um comprador?

Essa pode ser a parte mais difícil de todas. Oferecer seu site para seus próprios concorrentes pode ser uma boa ideia. Mas existem outras maneiras e uma delas é anunciar a venda de sua aplicação em algum portal especializado em compra e venda de domínios e sites.

Colete todas as informações

Qualquer pessoa que tenha interesse em adquirir seu site vai querer ver o desempenho do mesmo antes de bater o martelo. A única forma de provar isso é com números e fatos. Apresente relatórios que possam satisfazer até mesmo os mais exigentes dos compradores.

Seja honesto em todas as etapas da negociação. Fraudar qualquer tipo de informação poderá gerar grandes problemas para você no futuro, além de difamar sua imagem. 

Defina um preço

Essa é a hora de pensar com a razão e não deixar a emoção tomar conta do momento. Apesar de ter investido talvez centenas de horas no seu site, talvez ninguém compre pelo preço que você considera justo. Essa é a hora de mostrar com planilhas e relatórios o real motivo do seu preço.

Ainda tem dúvidas? Sem problemas. Em nosso blog você pode ler mais sobre esse e outros assuntos. 

Gostou de nosso post? Compartilhe: