Como aumentar o ticket médio das suas vendas?

30/06/2019 às 14:23 Ajuda

Como aumentar o ticket médio das suas vendas?

Ter estabilidade no mercado é uma tarefa difícil para qualquer negócio digital. Com a concorrência elevada, garantir mais compras e conquistar mais clientes são fatores que devem ser mais bem trabalhados. E uma maneira eficiente de tornar sua empresa mais rentável é aumentar o ticket médio de seus clientes.

É lógico que, principalmente, para pequenos negócios o principal objetivo é aumentar as vendas, mas é preciso saber que existem outras táticas para tornar o seu negócio escalável sem gastar muito para isso.

Existe uma máxima no mundo do marketing que diz o seguinte: fidelizar um cliente é mais fácil e barato do que conquistar um novo. Resumindo, tudo bem se preocupar em trazer novos clientes, mas é preciso saber fidelizar e manter o relacionamento com clientes antigos.

E nessa onda de fidelizar mais clientes, o ticket médio entra como uma métrica muito importante para garantir uma renda mensal para sua empresa e proporcionar um gasto maior em cada compra.

O que é ticket médio?

O ticket médio é o valor médio gasto pelos clientes em cada compra realizada por eles dentro de um determinado período. Essa métrica é bastante substancial no meio do marketing para apontar fragilidades no atendimento e boa recepção de novas soluções no mercado.

É possível calcular o ticket médio de maneira fácil, sem cálculos muito aprofundados e ser bastante específico. Você pode fazer o ticket médio de todos os seus clientes nos últimos três ou seis meses, por exemplo. Também pode fazer uma média individual de cada cliente ou de cada coleção ou produtos lançados pela sua empresa.

O cálculo do ticket médio evidencia alguns pontos importantes para suas equipes de marketing e vendas, como por exemplo: a receptividade de seus produtos/serviços, eficiência das suas ações de marketing, eficiência das suas abordagens de venda e a satisfação dos clientes com as soluções do seu negócio.

Aliado a outras métricas como o CAC e o Lifetime Value, o ticket médio é uma métrica que pode ajudar a melhorar bastante suas táticas de vendas e otimizar a sua estratégia de marketing digital.

Quer saber como calcular o ticket médio? Então, vamos lá:

O cálculo é bem simples. Vamos lhe ajudar trazendo dois exemplos: um relacionado ao ticket médio semestral e um ticket médio individual de um cliente no mesmo período.

Digamos que a sua empresa tenha faturado R$ 30 mil nos últimos seis meses. E para atingir esse valor, você realizou vendas para 850 clientes diferentes. Para saber o ticket médio, basta dividir o faturamento pelo número de clientes.

No exemplo acima, se fizemos esse cálculo veremos o que ticket médio é de R$ 35,29.

Agora, você quer calcular o ticket médio de um cliente específico, digamos que ele seja um dos mais antigos a comprarem em sua empresa.

Baixe já o ebook Como anunciar no AdWords.

E no período de seis meses, ele fez 7 compras e gastou um total de R$ 500. Aplicando o mesmo cálculo feito acima, o ticket médio desse cliente seria de R$ 71,42.

Confira também: Dicas para atrair mais clientes para a sua empresa no Google.

Como aumentar o ticket médio?

Acredito que depois do tópico acima, você está muito interessado em encontrar maneiras de aumentar o ticket médio da sua empresa.

Existem duas táticas de vendas são bastante usadas no mercado digital. Elas consistem no mesmo objetivo: aumentar o ticket médio de compra do cliente.

E elas fazem isso de uma forma diferente, ou seja, dá para montar uma estratégia de vendas e utilizar tanto uma como outra.

Confira as dicas abaixo:

Faça Upsell

O upsell é mais indicado para quem comercializa serviços. Essa estratégia visa em levar os clientes a assinarem um pacote de serviços mais robustos.

Com certeza, você já reparou que em qualquer página de preços de empresas de serviços, você verá uma oferta com o rótulo “Melhor Oferta”.

E sem dúvida essa será uma oferta “intermediária”. Geralmente, as empresas comercializam pacotes mais simples e mais robustos.

E a ideia do upsell é chamar atenção para os mais robustos, já que a maioria dos clientes tende a preferir os mais simples.

Outra forma em que o upsell está sendo bastante usado é o desconto dado por prazo de contrato. Se o cliente assinar um produto por um ano, ele pode parcelar em 12 vezes sem juros com o desconto de 10% do valor total, esse é um exemplo clássico.

Apesar de parecer que a sua empresa sai perdendo, o resultado é bastante positivo. Uma assinatura mensal mais cara que se renova todo mês é um grande risco, afinal o cliente pode cancelá-la a qualquer momento.

Já se ele assinar um pacote anual com desconto, ele deve pagar as parcelas, mesmo que não utilize mais o serviço, ou seja, sua empresa aumenta a receita recorrente.

Faça cross selling

A tática de cross selling funciona de uma maneira um pouco diferente do upsell, mas tem o mesmo objetivo: aumentar o ticket médio. Esse método é mais indicado para quem comercializa produtos.

Funciona da seguinte maneira: sempre que o cliente estiver prestes a fechar uma compra, você apresenta para ele acessórios e serviços relacionados aquela compra.

Digamos que ele esteja comprando uma calça jeans, você pode indicar um cinto, por exemplo.

O intuito é aumentar o ticket médio de compra, oferecendo aos clientes opções mais baratas que complementem ou auxiliem no uso do produto em que eles estão interessados.

Muitas lojas virtuais já fazem isso. Se você reparar nos grandes marketplaces como o Mercado Livre, por exemplo, toda página de venda possui produtos relacionados antes do botão de compra. Isso faz com que o cliente gaste mais do que o previsto, com produtos que úteis.

Gostou? Confira mais dicas como essa em nosso blog.  Conheça o nosso serviço de Google AdWords.

Gostou de nosso post? Compartilhe: