7 processos essenciais do e-commerce fora das plataformas digitais

22/07/2018 às 11:34 Ajuda

7 processos essenciais do e-commerce fora das plataformas digitais

Quem já trabalha no mercado online ou é empreendedor sabe que uma completa gestão de um e-commerce é composta pela soma de várias frentes de trabalho.

Elas se convergem para a atuação direta, efetiva e eficaz do gestor da loja virtual. Para que toda essa gestão seja feita de forma coerente e proporcionar o crescimento da empresa, algumas ações se tornam necessárias fora das plataformas digitais.

Esse artigo vai te mostrar os 7 processos considerados essenciais para todo o e-commerce. Leia até o final e saiba quais são. 

FAZER A PROJEÇÃO DO CRESCIMENTO FINANCEIRO

Avaliar a situação financeira do seu e-commerce é fundamental para ter uma noção de como andam as coisas no momento.

É claro que tudo é um conjunto de fatores e você também precisa saber como andam todos os processos internos, verificar se todas as ações estão sendo executadas com a máxima eficiência para adotar uma postura mais estratégica, caso necessário. 

Como todo negócio online precisa crescer para se sustentar financeiramente e não se enrolar com dívidas ou empréstimos, você deve estabelecer uma meta de faturamento. 

Vale ressaltar que essa meta precisa ser real e possível de ser alcançada. Só que para crescer financeiramente, você precisará fazer alguns investimentos em pessoas, marketing e tecnologia.

Dessa forma, coloque na sua meta, esses fatores alinhados aos seus custos fixos. Leia nosso post sobre Como aumentar o tráfego para sua loja virtual

CONTROLAR RIGIDAMENTE OS DADOS FINANCEIROS

Se você não está totalmente familiarizado em trabalhar com números, contrate um consultor financeiro e junto com ele, crie um modelo de controle financeiro que seja mais adequado para seu e-commerce. Através desse controle, você deve:

  • Mensurar mensalmente todos os resultados das vendas;
  • Fazer um relatório de todos os resultados;
  • Calcular o fluxo de caixa, lucro, estoques, dentre outros.

É necessário que você entenda que os conceitos que mensuram a parte financeira do seu e-commerce é fundamental para que você saiba se sua loja virtual está indo de vento em polpa ou não. 

É claro que não precisa ser algo muito complicado e esse controle pode ser feito através de uma planilha no Excel ou de um sistema ERP que seja integrado à plataforma e à logística do seu negócio. 

ORGANIZAR-SE PARA OTIMIZAR A GESTÃO DO E-COMMERCE

Todas as medidas citadas vão depender diretamente do tamanho do seu e-commerce. A sua equipe de trabalho poderá ser mais enxuta ou não. Se sua loja virtual for pequena, um mesmo colaborador pode ter uma ou mais funções.

E é exatamente nisso que um bom gestor de e-commerce precisa ficar atento, organizando-se bem e tendo o controle rígido de tudo que é feito dentro do negócio. Aprimore seus conhecimentos sobre Passos para montar sua Loja Virtual

Para ajudá-lo com isso, um boa dica é integrar à plataforma do seu e-commerce um moderno sistema de gestão ou uma planilha.

Se você usar um sistema de gestão integrado, é possível obter relatórios diretamente da plataforma, facilitando o seu trabalho e otimizando seu precioso tempo. 

DEFINIR NOVAS MÉTRICAS PARA A LOJA VIRTUAL

Você deve fazer uma minuciosa análise da sua loja virtual, verificando as métricas que estão pendentes ou que não ainda não tem controle.

Priorize os pontos negativos que deverão ser adequados através de ações corretivas. Veja alguns exemplos que merecem atenção especial. 

  • Percentual de inadimplência;
  • Retorno de investimento das campanhas;
  • Taxa de conversão de visitas e de vendas;
  • Taxa de abandono do carrinho de compras. 

Uma boa dica é quando você identificar que o resultado dessas métricas não está satisfatório, elabore e ponha em prática um plano de ação para reverter essa situação. 

BUSCAR POR PARCEIROS QUE SEJAM CONFIÁVEIS

Em um e-commerce, nem sempre é possível financeiramente, ter uma equipe própria para realizar todas as etapas do processo de vendas como, por exemplo, fazer a entrega dos produtos.

Nesses casos em que a inviabilidade econômica fala mais alto, é preciso buscar parceiros que sejam confiáveis e que possam ajudar na gestão dos processos do e-commerce. 

Os problemas aparecem quando esse parceiro começa a falhar como seus clientes, denegrindo a imagem da sua empresa. Quem está na linha de frente é você, gestor do e-commerce. Conheça nosso serviço de Loja Virtual

Por esse motivo, busque no mercado parceiros que sejam realmente confiáveis e não feche longos contratos de prestação de serviços com fornecedores novos. 

Determine um período de 3 meses de experiência, por exemplo, deixando bem claro quais são as suas expectativas em relação ao compromisso deles em prol do seu e-commerce. 

ESCUTAR O QUE OS SEUS CLIENTES TEM A DIZER

Faça a seguinte pergunta para si mesmo: a sua loja virtual precisa de quem para funcionar? É óbvio que é do cliente. Se ele é principal razão do seu negócio existir, que tal dar a devida atenção ao que ele tem para dizer a respeito do seu e-commerce? 

Faça pesquisas de satisfação pelo menos uma vez ao mês para ter um feedback da sua loja.

Levante todos os pontos importantes que estão atrapalhando o processo de compra, bem como os que impulsionam as vendas e invista na melhoria de ambos.

Mas para que isso ocorra de forma efetiva, saiba escutar as críticas que porventura aparecerem.

Essa é uma das principais atitudes que devem fazer parte da suas metas para ser realizada com determinada frequência.

Depois de coletar todos os feedbacks e avaliar os resultados, apresente-os para sua equipe de vendas e mostre que a responsabilidade é de todos os envolvidos. 

ALINHE AS EXPECTATIVAS DA SUA EQUIPE

Seu e-commerce é composto por pessoas, ou seja, cada funcionário é fundamental, pois se ele estiver desmotivado pode acabar contaminando a equipe inteira e todos os objetivos do negócio podem ir para o ralo. 

Para manter a consistência da sua equipe de trabalho, faça reuniões quinzenais para dar feedback aos colaboradores e avaliar como está o clima na empresa. 

Tudo isso facilita a tomada das decisões estratégicas mais assertivas.

Essas reuniões e o alinhamento das expectativas de toda a equipe permitem que você atue como um estimulador que proporciona um crescimento de cada membro do grupo e um trabalho em equipe muito mais eficaz.

Ainda tem dúvidas? Sem problemas. Em nosso blog você pode ler mais sobre esse e outros assuntos. 

Gostou de nosso post? Compartilhe: