7 dicas de segurança para lojas virtuais

7 dicas de segurança para lojas virtuais

Categoria: Loja Virtual

25/05/2017 às 11:54

Manter a segurança de sua loja virtual é um fator básico para quem possui um e-commerce. Isso porque a loja trabalhará com informações sensíveis, como os dados pessoais e financeiros dos clientes, que deverão ser protegidos para prevenir ataques de hackers e usuários mal-intencionados.

A segunda das lojas virtuais é tão importante que é um dos fatores decisivos na hora do usuário realizar uma compra: se o ambiente não estiver seguro ou, então, não passar credibilidade a pessoa, certamente ela procurará outro e-commerce para atender sua demanda.

Então, é muito importante que empreendedores e empresas se certifiquem que suas lojas virtuais oferecem a segurança necessária para que seus clientes possam realizar as compras com nenhum tipo de risco.

Para ajudá-lo a aumentar a segurança de sua loja virtual, separamos 7 dicas que deixarão o seu e-commerce mais seguro. Confira:

1. Utilize protocolos de segurança SSL/HTTPS

Ao realizar uma compra, o cliente deverá inserir informações como dados pessoais e os dados do cartão de crédito (se for o caso). Para proteger esses dados, é preciso utilizar protocolos de segurança SSL/HTTPS em sua loja virtual. Isso porque esses protocolos garantirão a segurança dessas informações, criptografando os dados e tornando-os inacessíveis para usuários mal-intencionados.

Os certificados SSL e os protocolos de segurança HTTPS são dois itens indispensáveis para manter a segurança de sua loja virtual. Esses serviços podem ser contratados em sua própria hospedagem e a instalação é bem simples. O investimento vale muito a pena!

2. Invista em uma hospedagem dedicada

Apesar de haver vários servidores gratuitos disponíveis na web, nada melhor do que investir em uma hospedagem dedicada. São vários fatores que dizem a favor dessa escolha, sendo as principais: mais segurança para a loja, menores chances de seu comércio eletrônico ficar fora do ar e mais autonomia para gerenciar o seu site.

Um dos maiores problemas de hospedagens compartilhadas é que, caso um site seja infectado por um programa malicioso, sua loja virtual poderá ser afetada também. Além disso, em uma hospedagem dedicada será possível contar com programas específicos para deixar os arquivos de seu comércio eletrônico em segurança. O investimento pode ser um pouco maior, mas a segurança e a autonomia compensam o valor investido.

3. Mantenha as páginas seguras

Os arquivos que compõe a sua loja virtual precisam estar seguros, e isso quer dizer que nada de utilizar temas piratas ou programas/plataformas desconhecidas. Utilizar arquivos de terceiros poderá afetar a segurança de sua loja, do servidor assim como as dos usuários.

Um problema comum é vermos empreendedores utilizarem temas piratas, com o intuito de economizar no orçamento, e posteriormente tendo um gasto muito maior com os reparos que algum arquivo malicioso causou no sistema.

A melhor forma de manter as páginas de sua loja virtual em segurança é utilizar arquivos conhecidos e hospedados no próprio servidor. E nunca, sob hipótese nenhuma, utilizar temas e/ou programas pirateados.

4. Utilize Scanners de Vulnerabilidades com frequência

Essa é uma prática que deve ser realizada com certa frequência. Os scanners de vulnerabilidades são softwares inteligentes que fazem uma varredura completa dos arquivos de sua loja virtual, assim como no servidor em que ela está hospedada. Através desses programas é possível identificar falhas de segurança em sua loja, permitindo que o administrador realize as mudanças necessárias para corrigi-las.

Alguns especialistas em segurança virtual aconselham a utilização do scanner de vulnerabilidade pelo menos uma vez por semana. A frequência será essencial para identificar falhas e manter a segurança de sua loja em dia.

5. Use senhas fortes

Para quem possui uma loja virtual grande, geralmente já conhece a importância de utilizar senhas fortes para os usuários administrativos de sua loja. Porém, muitas empresas pequenas e empreendedores que acabaram de criar seus comércios eletrônicos utilizam senhas fracas, que podem ser facilmente quebradas por hackers e pessoas mal-intencionadas.

A dica é criar uma senha grande e que seja difícil de ser quebrada. Uma dica é criar uma senha que contenha números, caracteres especiais e letras minúsculas e maiúsculas. Anote a senha em algum lugar de segurança e guarde-a bem.

6. Use um usuário administrativo com permissões restritas

Em diversas plataformas, é possível criar usuários administrativos com diferentes tipos de permissões. Um só para cadastrar produtos, outro para gerenciar os processos diários da loja etc. Essa é a melhor forma de manter a sua loja protegida.

Se em sua loja virtual for possível, utilize usuários distintos para realizar as demais atividades administrativas, como cadastrar produtos, responder a chamados, alterar/adicionar alguma informação etc.

A dica é logar como o usuário master só quando houver a real necessidade. Caso você conte com mais pessoas administrando sua loja virtual, crie usuários com permissões relacionadas as suas obrigações dentro da plataforma.

7. Crie uma política de trocas de fácil entendimento

Apesar de não estar, diretamente, ligada a segurança da sua loja, contar com uma política de trocas de fácil entendimento é essencial para não ter problemas com os seus usuários. A necessidade de trocar um produto é normal e é um direito garantido por lei. Contar com uma página, bem localizada, explicitando todos os detalhes da política será essencial para passar mais segurança para os visitantes.

Sabendo que, caso um produto apresente um defeito ou, então, uma roupa não caia bem, o usuário se sentirá mais confortável, o que aumentará as chances de compra.

 

 

Conclusão

A segurança é o elemento mais importante para qualquer loja virtual. Por isso, antes de tudo, é importante analisar a hospedagem em que a sua está/será hospedada e a plataforma utilizada para gerenciar/administrar os produtos. Além disso, contar com protocolos HTTPS e certificado de segurança SSL serão essenciais para manter as informações dos usuários protegidas.

Também falamos sobre dicas de como Escolher um nome criativo para sua loja

Os dados dos clientes são sensíveis e a perda deles pode resultar em prejuízos para a loja, além de sua a imagem e a credibilidade da empresa. Por isso é muito importante manter a casa em ordem, utilizando o scanner de vulnerabilidades uma vez por semana. E sempre analisando a sua loja, de uma ponta a outra, se certificando que tudo está funcionando perfeitamente.

E você, qual dica de segurança para lojas virtuais gostaria de compartilhar? Deixe nos comentários!

Gostou de nosso post? Compartilhe:

Talvez você goste

Top