4 erros mais comuns no uso de bots para atendimento

29/07/2018 às 19:43 Ajuda

4 erros mais comuns no uso de bots para atendimento

Os chatbots, mais conhecidos como assistentes virtuais, são uma das principais tendências de mercado e por isso muitas empresas estão migrando seu atendimento para essas máquinas.

Mesmo com a facilidade e as vantagens que os bots trazem é preciso estar atento para não cometer erros em seu uso para atendimento e garantir a satisfação de seus clientes.

Se você quer reduzir os custos com o atendimento e melhorar a produtividade da sua equipe, com certeza, os bots são essenciais para sua empresa, mas é preciso saber como usá-los.

Nós sabemos que é tentado, já que a maioria das empresas concorrentes devem estar adotando soluções do gênero, mas é preciso se inteirar sobre chatbots antes de começar a utilizá-los.

Para adotar o uso dos bots para atendimento a seus clientes, é preciso traçar uma estratégia bem elaborada para garantir que a sua empresa colherá bons frutos com o serviço.

Adotar um assistente virtual sem um mínimo de planejamento, apenas por impulso de mercado pode gerar muitos prejuízos para sua empresa.

Confira quais são os quatro erros mais comuns na hora de usar bots para atendimento:

Não saber os motivos da adoção dos bots

Muitas empresas falham no uso dos bots, simplesmente por que não sabem para que eles irão servir.

Traçar objetivos e metas são essenciais para avaliar os resultados, sem isso não é possível ter uma noção se a escolha foi certa ou errada.

Por isso, é preciso pensar e definir qual será a atuação desse serviço em sua empresa. É importante saber qual problema a ferramenta irá resolver e como ele irá atuar.

Por exemplo, se você utilizar um bot programado para lidar com suporte no atendimento de seus clientes, você deixará os consumidores insatisfeitos com seus serviços.

Isso por que o bot em questão está preparado para atender questões de suporte e não outras questões como tirar dúvidas ou conferir e modificar informações financeiras, por exemplo.

Pensar nessa questão é essencial para garantir que o uso dos bots serão um sucesso.

Para isso, é preciso mapear as funcionalidades que deixam a desejar em sua empresa. Os chatbots devem ser usar para resolverem seus problemas e suprirem as carências de seus clientes.

É preciso projetar a ferramenta para que ela atenda os problemas X e Y, de maneira eficiente, não dá para fazer tudo.

Além disso, é preciso garantir o monitoramento e a integração da ferramenta com outros setores da sua empresa.

Confira quais são as vantagens de ter um blog em WordPress.

Falta de planejamento

Para adotar chatbots em sua empresa é preciso traçar um planejamento estratégico, como citamos acima.

Esse planejamento deve conter todas as principais informações sobre o uso dos bots, determinando como será feito o seu uso com clareza e objetividade.

Um bom planejamento é o início do sucesso. É nele, que você poderá organizar o fluxo de ações desenvolvidas pelos bots no atendimento a seus clientes e também definir quais métricas serão analisadas para medir o sucesso e a eficiência dos assistentes virtuais em sua empresa, para que sejam realizadas mudanças necessárias no decorrer dos testes com a ferramenta.

Além disso, ter esse planejamento guardado pode ajudar a elucidar questões futuras.

Sempre que preciso, você poderá pegar o documento e consultá-lo para entender todo o projeto.

O planejamento será responsável por responder os principais questionamentos quanto a atuação dos bots no atendimento de seus clientes.

Através dele, é possível saber quais serão as respostas utilizadas pelo assistente virtual para cada solicitação do cliente, assim evitando desinformação e demora no atendimento.

Não conhecer bem o seu público

Outro erro muito cometido por empresas é projetar bots genéricos. Afinal, uma das principais vantagens trazidas pelo uso dos chatbots é que eles podem ser programados e com isso personalizados para atender as necessidades de seus clientes.

E isso não acontece somente por desinformação ou desleixo, mas também por que muitos empreendedores não conhecem seu público.

Por não estudarem seus potenciais clientes, muitas empresas acabam errando em diversas estratégias de marketing.

Compreender quais são as expectativas e saber quais são os objetivos e desafios dos clientes é essencial para ter um marketing assertivo.

E isso inclui também na adoção dos bots, de maneira correta.

Apenas conhecendo bem o seu público é que você poderá projetar o bot para um bom atendimento, fazendo com que ele utilize uma linguagem adequada para lidar com seus clientes, evitando possíveis constrangimentos e garantindo que os consumidores se sintam bem atendidos.

Contratar qualquer empresa para desenvolver bots

Esse é um erro clássico! Ele é muito cometido por empreendedores que visam reduzir ainda mais os custos com a adoção de chatbots.

Porém, se o seu poder de investimento ainda é pequeno, então é melhor aguardar para começar a trabalhar com bots.

Os chatbots são softwares bastante completos, que exigem muitos testes para que seja garantida uma boa performance do serviço.

É por isso, que você não deve contratar qualquer empresa para projetar um bot para sua empresa.

É fundamental que você pesquise bem antes de escolher uma empresa para desenvolver um chatbot para sua empresa e tenha a certeza que ela conta com especialistas e pode atender as suas expectativas.

Busque por referências para poder ser assertivo na escolha e não ter prejuízos depois.

Confira quais são os principais serviços realizados, tente entrar em contato com clientes da empresa para obter mais informações, cheque se a reputação online é positiva e leve em conta os princípios da organização antes de contratá-la.

Como pudemos notar no decorrer do texto, é de suma importância planejar minuciosamente o uso dos bots em sua empresa.

Pequenos erros podem justificar prejuízos e gerar mais gastos, o que não é objetivo dessa migração.

Evitar cometer os erros citamos acima e seguir nossas dicas é uma excelente maneira de conseguir definir o uso de bots para atendimento de seus clientes e conseguir bons resultados em curto, médio e longo prazo.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog. Conheça nosso serviço de Hospedagem de Site.

Gostou de nosso post? Compartilhe: