3 dicas de SEO para ranquear no Google Imagens e aumentar as visitas ao seu blog

09/01/2019 às 11:40 SEO

3 dicas de SEO para ranquear no Google Imagens e aumentar as visitas ao seu blog

Um terço das buscas realizadas na web são relacionadas a imagens. Com isso, é preciso entender como ranquear bem no Google Imagens, parte do buscador para buscas por imagens.

E nesse texto, vamos lhe dar várias dicas para que você ranqueie bem as imagens utilizadas em seus textos e assim aumente o tráfego orgânico do seu site.

Por isso, na hora de pensar em sua estratégia de SEO, é preciso preparar ações que possam fazer suas imagens ranquear no topo do Google Imagens, além de claro, essas técnicas também otimizaram o conteúdo como um todo, podendo elevar as posições dos seus conteúdos nos SERPs das palavras-chave mais utilizadas pela sua empresa.

Como já falamos na primeira frase desse texto, um terço das buscas, ou seja, uma em cada três pesquisas realizadas no Google são por imagens.

Isso mostra claramente o alto potencial de geração de tráfego que o Google Imagens possui atualmente. Essa pode ser uma boa saída para elevar os seus resultados em tráfego orgânico.

Por que é preciso ranquear bem no Google Imagens?

A primeira vantagem, nós já falamos acima: é um upgrade no tráfego orgânico.

Para exemplificar, as buscas nas SERPs e a busca por imagens são únicas, ou seja, seu conteúdo por está na 2° página de uma SERP e no topo do ranking do Google Imagens.

Além disso, existe um ditador popular que virou uma máxima no mundo do marketing: uma imagem vale mais do que mil palavras.

E isso leva a segunda vantagem: usar e ranquear bem imagens é essencial para viralizar o seu conteúdo na internet.

Segundo pesquisas recentes do Google, um conteúdo com uma ou mais imagens de boa qualidade pode gerar um engajamento quase sete vezes maior do que um conteúdo apenas em texto.

E claro, para que seu conteúdo viralize, é preciso que as pessoas possam encontrar as imagens, por isso você deve se preocupar com o ranqueamento no Google Imagens.

Um dos fatores bastante importantes para o ranqueamento no Google é a velocidade de carregamento das páginas.

E para isso sua empresa precisa ser o mais leve possível e é aí que as imagens entram.

O uso de imagens de boa qualidade e tamanho reduzido, podem diminuir o peso dos arquivos da página, fazendo com que ela rode mais rápido, o que é uma vantagem principalmente em conexões limitadas.

Confira também: Por que ter uma loja virtual?

Como ranquear bem no Google Imagens?

Bom, acho que você já conseguiu compreender a necessidade de ranquear bem no Google Imagens.

E para lhe ajudar a chegar no topo, confira abaixo nossas dicas de SEO para imagens:

Acerte no nome do arquivo de imagem

Um dos fatores principais para o ranqueamento de imagens é o nome do arquivo. E por isso é preciso prestar atenção nesse pequeno detalhe.

E a dica aqui é que você relacione o nome das imagens com a palavra-chave do seu conteúdo.

Além disso, o nome do arquivo de imagem deve ser o mais descritivo possível. Isso irá ajudar aos robôs do Google, a identificar sobre o que seu conteúdo fala e dar a real relevância que ele possui.

Então, se você cria um conteúdo para a palavra-chave: hospedagem de site, é preciso que a sua imagem seja relacionada ao termo.

Suponhamos que você utiliza a foto de um servidor físico para ilustrar o texto, sua imagem poderia se chamar de: servidordehospedagemdesite.jpeg

Este é um exemplo que facilitaria o algoritmo do Google, a achar e classificar o seu texto corretamente com a ajuda da imagem utilizada.

Se a imagem fosse nomeada como img923.jpeg, por exemplo, provavelmente seu texto perderia relevância e a imagem não ranquearia bem no Google Imagens.

Teste 30 dias de Loja Virtual.

Descreva apropriadamente o conteúdo na tag Alt

Qualquer imagem upada na internet possui a tag ALT, que deve ser utilizada para uma descrição mais real do conteúdo.

Esse é o principal fator de ranqueamento no Google Imagens. Esse atributo é útil por que ajuda os deficientes visuais a compreenderem o seu conteúdo.

Além disso, a tag Alt substitui a sua imagem quando o navegador do usuário não consegue carrega-la.

O mais importante aqui é que você utilize a tag Alt para descrever perfeitamente a sua imagem, por isso a dica é que você seja o mais descritivo e objetivo possível.

Digamos que a sua imagem mostra uma mulher mexendo no notebook, então você pode descrevê-la dessa forma na tag alt, se possível acrescentado ainda mais detalhes, como a cor do notebook, o site ou programa que a mulher está acessando, etc.

Use legendas curtas e atrativas

De acordo com os dados do Google, imagens com legenda são até três vezes mais atrativas para quem realiza uma busca por imagens na internet. Em outras palavras, a legenda pode triplicar o seu engajamento.

Além disso, a legenda ajuda os robôs do Google a identificarem a sua imagem, por que ela ajuda a entender a imagem, é um bom complemento para o seu conteúdo, etc.

E como complemento, você pode adicionar informações sobre a imagem em sua legenda.

Num exemplo prático, suponhamos que  a ISBrasil crie um texto sobre hospedagem de site.

Na nossa imagem, podemos estar divulgando o nosso serviço e com isso, poderíamos usar de legenda a seguinte frase: Novos assinantes possuem 30 dias grátis de Hospedagem de Site na ISBrasil.

Entendeu como funciona? Estás são apenas algumas dicas que farão toda a diferença para que seu conteúdo ranqueie bem no Google Imagens e com isso seu site possa aumentar o número de visitas, de conversões e de vendas.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog. Conheça o nosso serviço de Loja Virtual.

Gostou de nosso post? Compartilhe: