O que faz e como se tornar um desenvolvedor Full Stack

07/08/2018 às 17:34 Ajuda

O que faz e como se tornar um desenvolvedor Full Stack

Muitos desenvolvedores estão buscando por novas opções para se destacar e terem mais oportunidade no mercado do trabalho e entre elas está o objetivo de virar um desenvolvedor Full Stack.

Mas o que é isso? Bom, já cansamos de falar aqui no blog que existem profissionais focados em back-end ou em front-end.

A maioria dos desenvolvedores em inicio de carreira acabam focando em uma destas áreas e focam em se tornarem especialistas no assunto.

Porém,  quando o profissional já atinge uma certa estabilidade, ele procura por novos aprendizados e novas chances de crescer e se tornar um desenvolvedor Full Stack é uma delas.

Além de quererem aproveitar novos oportunidades, os desenvolvedores visam se tornar Full Stack por que em muitos projetos não conseguem se entender com os demais membros da equipe.

Geralmente, o contato entre o desenvolvedor back-end e o desenvolvedor front-end não flui com tanta facilidade, o que pode prejudicar bastante projetos de baixa e alta complexidade.

A saída encontrada por muitos então é se tornar um desenvolvedor Full Stack, ou seja, dominar tanto a parte de back-end como a parte de front-end.

E claro, que fora os motivos citados acima, sempre é interessante para profissionais de desenvolvimento web conhecerem outras áreas, outras linguagens, outros frameworks, etc.

Essa é uma forma de se manter atualizado e estar sempre pronto para atender os requisitos do mercado.

Por isso, o número de desenvolvedore Full Stack tem aumentado no Brasil.

Cada vez mais profissionais sentem a importância de adquirirem mais conhecimento na profissão, em outras palavras, aprender praticamente tudo sobre desenvolvimento web.

Mas como é possível se tornar um desenvolvedor Full Stack, o que devo fazer? Bom, confira abaixo o que é preciso aprender para chegar a ser um profissional completo na área de desenvolvimento web:

Não se engane, não há como ser especialista em tudo!

Antes de tudo, você deve aceitar que não há como ser especialista em tudo.

Buscar isso é correr atrás de algo improvável e que pode custar bastante tempo e acabar com a sua integridade mental.

Fora isso, sempre haverá uma área de trabalho que irá lhe atrair mais, sendo aquela que você terá mais facilidade em aprender e a qual gostará mais de trabalhar.

Mesmo assim, é possível também obter conhecimentos mais avançados de outras áreas que o tornarão um profissional mais completo, neste caso um desenvolvedor Full Stack.

Baixe já o nosso Ebook de “CloudLinux”.

Aprenda a parte de desenvolvimento front-end

O primeiro passo de ensino na área de desenvolvimento web é focar no aprendizado em programação front-end, aprendendo a usar linguagens básicas como HTML, CSS e JavaScript.

Aprender essas linguagens de base é extremamente importante para conseguir trabalhar com desenvolvimento web.

Aprenda a parte de desenvolvimento back-end

Após adquirir bons conhecimentos em front-end é hora de focar no aprendizado em back-end. 

E por que aprender apenas após o front-end? Por que aqui a gama de linguagens é bem maior e é preciso mais tempo para ter bons conhecimentos na área.

A dica para facilitar o aprendizado em back-end é focar em linguagens mais populares e mais simples como o PHP e Ruby.

Após dominar essas linguagens, você pode partir para linguagens mais complicadas como Java, ASP.net, entre outras.

Aprender a mexer em banco de dados

É preciso trabalhar com banco de dados para poder dizer que você é um desenvolvedor Full Stack.

E não é viável apenas conhecer o básico do básico nesta área, é necessário se aprofundar um pouco mais.

Por isso, ter noções complexas de como um banco de dados funciona será essencial para o seu trabalho.

É indispensável que você busque conhecer todos os mecanismos de banco de dados.

Comece adquirindo conhecimento em MySQL, Orange, SQL Server 2017, entre outros servidores de bancos de dados.

Saiba qual é a melhor hospedagem de site.

Aprenda desenvolvimento mobile

Este vem sendo um dos principais diferenciais competitivos para desenvolvedores web no país.

Como muitas empresas tem buscado soluções mobile, é muito importante que você entenda como elas funcionam para saber como é a estrutura de aplicativos móveis e como distribuí-los e fazê-los ter um bom desempenho em diferentes sistemas operacionais.

Na maioria das vezes, os projetos funcionam integrando a parte de back-end com aplicações móveis.

Portanto, adquirir conhecimento em desenvolvimento mobile é um grande benefício para atrair mais Jobs freelancer ou mesmo ter mais chances de conseguir aquela “vaga dos sonhos” de trabalho.

Aprenda sobre infraestrutura e sobre nuvem

Enquanto o desenvolvimento mobile está mais ligado ao desenvolvimento back-end, o conhecimento em infraestrutura e nuvem para que se possa agilizar o processamento de páginas e aumentar a segurança em aplicações tem mais referência ao desenvolvimento front-end.

Quem trabalha mais com a parte de back-end também pode se beneficiar dos conhecimentos nestas áreas para que seja possível usar tecnologias server-side para tornar o fluxo de trabalho mais simples.

Entender como funciona os diversos tipos de nuvem é essencial para melhorar os processos de montagem de projetos e isso traz muitas vantagens para a carreira de um desenvolvedor Full Stack.

Como aprendo tudo isso e me torno um desenvolvedor Full Stack?

Bom, o primeiro passo é reiterar sempre o fato de que não se pode e também não é preciso ser um especialista em tudo.

Então, a sua missão basicamente é primeiro se transformar em especialista na área que você mais goste.

Depois disso, comece a aprender as outras áreas para futuramente conseguir ser reconhecido como um desenvolvedor Full Stack.

Dessa maneira, você terá muito mais propriedade para atuar em várias áreas de um projeto.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog.

Conheça também o nosso serviço de Hospedagem de Site.

Gostou de nosso post? Compartilhe: