O que é A-commerce? Saiba o que significa!

26/05/2018 às 10:54 Loja Virtual

O que é A-commerce? Saiba o que significa!

A-commerce em português significa comércio automatizado e neste ano tem sido uma tecnologia adotada por muitos empresários que querem se livrar das preocupações com processos chatos de venda.

Como por exemplo: tabulação de dados e acabam apostando em algoritmos e dispositivos inteligentes para conseguir gerirem melhor os seus negócios.

O e-commerce já é gigante no Brasil, a cada diz surgem novas lojas virtuais na internet. O consumidor brasileiro conta com cada vez mais opções em diferentes nichos.

Aliado a isso, novas tendências baseadas no uso de novas tecnologias estão surgindo no mercado.

Entre estas tendências para 2018 está o a-commerce, tecnologia que utiliza a inteligência artificial para tornar o comércio eletrônico automatizado, conseguindo definir melhor o comportamento do consumidor e possibilitando aos empreendedores, a adoção de estratégias mais assertivas.

Como funciona o a-commerce?

Essa nova tecnologia ajuda a automatizar os processos comerciais, como por exemplo, melhorar a prospecção, aumentar as vendas, coordenar o serviço de entrega, guiar negociações e apontar oportunidades de negócios, etc.

Geralmente, os aplicativos de a-commerce são baseados no uso de inteligência artificial e apresentam assistentes pessoais que assumem a responsabilidade por esses processos e buscam mostrar aos empreendedores novas maneiras de crescerem o seu negócio.

Com essa tendência, a expectativa é que as lojas num futuro a médio prazo já possam trabalhar sem ter nenhum vendedor. Sim!

Vocês não leram errado, é isso mesmo! Através do a-commerce, a ideia é que se torne possível que os clientes possam fazer todo o processo de compra em qualquer loja sem nenhum auxílio humano.

Nos Estados Unidos, por exemplo, já existem cafeteiras como a Chinesa Tao Bao, onde os clientes escaneiam seus smartphones para entrar, fazem seus pedidos em softwares, os recebem e vão embora, pagando o pedido pela internet e recebendo a nota fiscal da compra no próprio celular.

Saiba qual é a melhor hospedagem de site.

Quais mudanças o a-commerce deve trazer para o comércio eletrônico?

A tendência mundial de compra está cada vez mais se modificando, se sofisticando, fica claro para todos que nos próximos anos, as novas tecnologias devem mudar por completo a relação que as lojas têm com seus consumidores.

As pessoas passarão a utilizar ferramentas que irão avaliar e descobrir quais são suas preferências de compras e gostos.

Isso já está sendo feito por meio de algoritmos como o do Instagram, por exemplo, que por meio das interações do usuário conseguir propor conteúdo relevante para ele.

As compras serão muito direcionadas para aplicativos e softwares que facilitam a vida dos clientes e dos vendedores. Com isso, os consumidores poderão comprar e achar os produtos ideias de forma mais simples e prática.

O uso dos algoritmos de recomendação e das técnicas de cross sell será cada vez mais frequente e terá um retorno atrativo para o público e para os comerciantes.

A mudança será bastante profunda no formato de compra atual, disso não tenham dúvidas e ela já começou.

Cada vez mais sites de buscas, redes sociais e o surgimento de novos aplicativos apresentam algoritmos cada vez mais avançados.

Com filtros cada vez mais específicos que devem mudar a definição de preço, modificar as ações de marketing, a qualidade do atendimento, entre outras funções do comércio eletrônico atual.

Os robôs virtuais (chatbots) devem mudar por completo o mercado, tornando mais acessível o crescimento de micro e pequenas empresas do setor através da implementação de novos processos de automação comercial.

O investimento em tecnologia será essencial para qualquer empreendedor que queira competir de igual para igual no mercado digital.

A dica é já montar o seu projeto se adaptando as novas tendências e buscando meios de adotá-las em seus negócios.

Exemplos de uso do a-commerce no mercado digital atual

Segundo o site TrendWatching, os consumidores estão dispostos a ter sua experiência de compra otimizada por aplicativo e é isso que causa impacto no mercado, o a-commerce se torna uma necessidade para todo e qualquer empreendedor virtual.

Estar atento as novas tecnologias é essencial para que seus clientes possam passar por todos os estágios do funil de vendas e tenham uma melhor experiência durante a sua jornada de compra e ao que parece, isso será causado pelo uso dos aplicativos em inteligência artificial.

Confira os principais tipos de aplicativos que auxiliam os consumidores a comprar melhor:

Fintechs

O interesse pela organização de finanças pessoais cresceu entre os brasileiros nos últimos tempos e daí surgiram as fintechs, empresas da área econômica que visam facilitar a vida dos consumidores.

Essas estratégias surgiram para melhorar a experiências das pessoas em relação aos serviços oferecidos por bancos e financeiras tradicionais.

Existem aplicativos que conseguem otimizar a relação do consumidor com o seu dinheiro, analisando todas suas despesas, limitando orçamentos, fazendo com que as pessoas tenham ais controle sobre seu dinheiro e consigam realizar seus sonhos.

Os novos bancos e prestadores de serviços financeiros já oferecem uma série de benefícios, como por exemplo, contas digitais sem cobranças de tarifas de operação e de manutenção, cartões de crédito sem anuidade, empréstimos pessoais a juros mais baixos, etc.

Motorista pessoal

Aplicativos como o Uber e o Cabify são ótimos exemplos de automação comercial. Através deles, se perdeu a necessidade de chamar um táxi na rua, sem saber qual é a procedência do motorista que está dirigindo o veículo.

Através dos aplicativos é possível garantir a segurança do carro e receber mensagens com informações pessoais sobre o motorista.

Além disso, os custos das corridas são menores do que as habituais e a experiência do cliente é bem melhor, já que o serviço costuma oferecer mais benefícios.

Com eles, os consumidores podem chamar o motorista pelo aplicativo, pegam o carro e conseguem pagar a corrida pelo smartphone, recebendo a nota também pelo celular e podendo avaliar o desempenho e a comodidade durante a corrida.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog. Conheça o nosso serviço de Hospedagem de Site.

Gostou de nosso post? Compartilhe: