Mobile marketing e estratégias interativas

14/07/2020 às 11:57 Marketing

O que é mobile marketing? Este campo pode ser encarado como uma evolução ou vertente natural ao marketing digital, uma vez que o acesso à internet por dispositivos móveis apresenta um crescimento constante desde 2012.

Podemos traçar um exemplo do crescimento ao compararmos os dados de acesso de 2012 a 2018:

  • Em 2012 cerca de 40% do acesso a internet vinha de dispositivos móveis. Lembre-se, que nesta época estava começando a popularização dos smartphones.
  • Em 2016 essa porcentagem alcançou 68%
  • Em 2017 chegou a 80% e logo em seguida em 2018 em 85%
  • Em termos de tempo, o uso dos celulares chega a 40 horas semanais

Estes dados se referem a nível global e podem ser encontrados no Relatório Móvel Global. Olhando para trás, fica fácil ver porque não deveria ser surpresa pensar em estratégias interativas para marketing mobile.

O marketing mobile no Brasil

Mas vamos trazer este panorama para mais perto e focar no Brasil. Para isso vamos usar os dados da pesquisa feita pela Telebrasil, divulgados em agosto de 2019:

  • Segundo a TIC Domicílios 2018, divulgada em 28/08/2019, 127 milhões de pessoas no país utilizam internet. Isso equivale a 70% dos brasileiros.
  • Nos últimos cinco anos esse número aumentou 37%, sendo que em 2013 apenas 50% da população utilizava a internet.
  • Desse total de internautas 97% utilizam o smartphone
  • 87% dos internautas acessa a internet todos os dias

gráficos mostram crescimento do mobile marketing

Além disso, ainda podemos verificar detalhadamente o Panorama traçado pela Mobile Time e Opinion Box a respeito do uso de aplicativos, como o brasileiro é acostumado a consumir online. Para não nos alongarmos ainda mais em dados, deixo a responsabilidade de conferir a pesquisa completa com você.

Mas adianto um dado importante aqui: quando perguntados se realizam mais compras pelo celular ou pelo smartphone, 71% responderam que consomem mais pelo celular.

dados apresentam motivos para mobile marketing

Motivos para investir no mobile marketing

Acredito que após a leitura do último parágrafo fique claro um excelente motivo para investir no mobile marketing: o número de vendas pelos smartphones só cresceu nos últimos anos.

E com a inovação dos dispositivos, a tendência é que isso continue ao menos pela próxima década. E o melhor, o marketing mobile pode ser uma excelente forma de ganhar dinheiro com uma loja virtual, por exemplo

Mas além da movimentação financeira e do alcance crescente, existem excelentes recursos de marketing para serem explorados pelo mobile

Uso da geolocalização

Quando investimos em campanhas de marketing digital pensamos em segmentação, especialmente quando investimos no Google Ads.

Essa segmentação leva em conta:

  • Interesses
  • Idade
  • Gênero
  • Atividades no Google
  • Localização

E neste último entra um diferencial do mobile. O uso do GPS pelos smartphones permite uma grande precisão e acompanhamento do cliente. É possível até mesmo enviar notificações de acordo a localização em tempo real do seu lead.

Desta forma, se o usuário estiver próximo a sua loja física ele pode receber suas ofertas. Ou se você possui uma loja virtual de produtos esportivos, essa notificação pode surgir quando o GPS indicar que ele está em uma academia.

Claro que para utilizar este tipo de estratégia interativa é necessária a permissão do usuário ao acesso de sua localização, o que é feito pelo uso de aplicativos mobile.

Mas existem ainda outras formas de se aproveitar o mobile marketing ao segmentar suas campanhas por cidades ou mesmo bairros.

Aplicativo aplicado ao mobile marketing

Uso maior de aplicativos

E como falamos do uso de aplicativos, vamos pensar nisso.

Grandes marcas investem em aplicativos, por quê? Um aplicativo te coloca presente na rotina do cliente de alguma forma. Mesmo que ele não acesse o aplicativo diariamente, ele está ali e pode enviar notificações, mensagens, etc.

E caso o seu cliente decida fechar negócio, basta deslizar o dedo algumas vezes na tela e pronto. Ele não precisará sequer estar em casa, usar o computador, acessar seu site e comprar.

Aqui você reduz todo o trajeto desde a avaliação da oferta até aquisição e ainda pode oferecer um pós-venda com presença constante!

Comunicação dinâmica

Todas essas vantagens deixam claro o dinamismo na comunicação pelo mobile marketing.

E não precisamos nos limitar a aplicativos e notificações. O acesso as redes sociais (excelentes locais de venda) acontecem prioritariamente pelo smartphone. O próprio Instagram foi pensado apenas para esta plataforma.

A partir disso, é possível aliar várias estratégiasinterativas para mobile marketing em um único local: redes sociais, mensagens, notificações, tudo poderá ser verificado instantaneamente pelo celular.

Dicas de mobile marketing

Porém, antes mesmo de começar a criar a sua campanha é importante adquirir bons hábitos neste setor.

O erro mais comum é o abuso do mobile marketing, causando uma saturação da sua marca perante o consumidor. Isso acontece pela muitas vezes pela repetição e insistência.

Porém, diferente de um computador onde a pessoa deve acessar seu site para ver suas notificações ou entrar no e-mail, nos smartphones tudo chega na hora.

É fácil cansar o seu cliente com esse tipo de comportamento, por isso em tudo que for fazer lembre-se da regra de ouro: não seja invasivo!

Evite ser invasivo

Só invista em campanhas de Whatsapp Marketing e SMSs com a autorização do cliente, para evitar incomoda-lo e sempre dê a opção de não receber mais as mensagens.

Além disso, não aborde contatos a esmo: foque em conseguir os contatos que seu cliente estiver disposto a oferecer, pois estes estão mais inclinados a aceitar suas ofertas.

Crie uma experiência agradável ao usuário

Quando sua comunicação com o cliente migra para o mobile é preciso ter alguns cuidados para não o saturar com campanhas excessivas.

Pensando nisso crie uma experiência agradável em cada interação com o seu lead. Ao utilizar um QR code você pode oferecer algum desconto e enviar conteúdos de qualidade por notificação, como talvez um artigo do blog ou um novo produto.

Gerar valor em cada experiência com o usuário ajuda a ganhar sua confiança e aumenta a chance de voltarem a fechar negócios.

Entregue benefícios

E claro, se você deseja criar uma experiência agradável, uma das melhores formas é investir em benefícios ao seu cliente.

Pense em campanhas que levem o cliente a se engajar com sua marca a partir do mobile. Um exemplo de como fazer isso é oferecer brindes ou descontos a partir de um código ou compartilhamento.

Pense nas redes sociais

E já que falamos em compartilhamento, não podemos esquecer a força que as redes sociais possuem nos dispositivos mobile.

Utilize as redes sociais para criar um senso de comunidade entre os clientes, estimulando a divulgação de seus produtos nos perfis deles após as compras.

mobile marketing redes sociais

Estratégias de Mobile marketing

Agora que você já conhece a etiqueta do mobile marketing e já compreendeu a infinidade de motivos que existem para investir neste mercado, vamos a parte de ação: o que pode ser feito, já foi feito e tem sido feito?

Você verá que o mobile marketing é uma ferramenta extremamente versátil e poderosa na busca de resultados.

SMS marketing

Uma das estratégias de marketing mobile que vem sendo exploradas pelas empresas há mais tempo é o uso de SMSs.

Esse tipo de estratégia pode ser aplicado na pós venda, informando ao cliente que o produto está a caminho ou para colher depoimentos de satisfação (ou não). E também é utilizado para lembrar o cliente de datas de vencimento ou mesmo na divulgação de promoções relâmpagos.

Claro, após a popularização do Whatsapp, o SMS caiu cada vez mais em desuso de forma pessoal. Por isso esse canal é perfeito para informações mais burocráticas.

Por outro lado, para estreitar o relacionamento com cliente o Whatsapp marketing ainda é mais efetivo.

Whatsapp Marketing

O uso do Whatsapp para publicidade já é bem comum em negócios locais e até mesmo grandes nomes como o Magazine Luíza investem no mensageiro.

Esta ferramenta já vinha obtendo espaço pelas listas de transmissão, mas após o isolamento causado pela Covid-19 o seu uso subiu consideravelmente.

O Whatsapp oferece um meio de comunicação pessoal com cliente, com possibilidade de resposta ágil. Tudo isso pode ser trabalhado para criar abordagens leves que não necessariamente precisam focar na venda, mas também no engajamento e na conquista com cliente.

O importante aqui é ter parcimônia e não ser intrusivo, saber dialogar com cliente e oferecer uma experiência agradável. Ninguém quer ficar lidando com vendedores o tempo todo, então informe o usuário e forneça conteúdos de valor.

E não apenas para divulgar, mas também para atender e sanar dúvidas, oferecer um acompanhamento dos status do pedido. O Whatsapp permite se comunicar em tempo real com o cliente.

E lembre-se, estamos cada dia mais impacientes. Se você consegue atender de forma rápida e eficiente, com certeza já ganha muitos pontos com o lead!

logo bluetooth

Bluetooth marketing

Essa estratégia consiste em utilizar uma transmissão Bluetooth para compartilhar arquivos de mídia do seu negócio com cliente.

Esses arquivos podem ser de diversos tipos: um catalogo de promoções em uma loja ou um cardápio em um restaurante. Não é nem preciso dizer que esta é uma estratégia absolutamente local. Quase um tipo de endo marketing, uma vez que ele será feito dentro da própria empresa.

Para negócios locais, essa estratégia pode representar um ganho de economia: o uso do Bluetooh é gratuito (nada de investimentos em Google ads ou produção de conteúdo).

Para proprietários de estabelecimentos comerciais, se torna uma forma de divulgar um cardápio ou promoções sem investir em impressão. Por outro lado, quase ninguém anda com Bluetooth ligado. Logo, é recomendável o uso de avisos ao se adotar essa estratégia.

Sites responsivos

Já há algum tempo o Google prioriza ranquear os sites responsivos em suas buscas no Google. Mas além disso, vamos pensar no uso de páginas responsivas por meio de uma visão do marketing mobile.

Pensando na experiência do usuário, o seu site ou página não será bem visto pela parcela de usuários de smartphone que acessarem-no. E como vimos, esta é uma grande parcela.

Investir em sites responsivos é uma prática para ser levada além do SEO e realmente inclusa na sua campanha de marketing ao se pensar em como o usuário irá visualizar sua página e se perguntar:

  • Ele conseguirá ler as informações confortavelmente?
  • Ele terá paciência de acessar o site em um smartphone?

Qr Code

Com uma popularização incrível, o QR Code tem surpreendido pelos resultados.

Inicialmente este modelo de código de barras que pode ser lido com smartphone não parecia muito promissor. Ledo engano. Hoje, muitas empresas apostam no uso de um QR code para redirecionar clientes para páginas especificas.

Onde esse QR code é encontrado pode variar bastante: ele pode vir na embalagem de um produto, com redirecionamento para uma página de avaliação ou loja virtual. Ou pode ser encontrado em um panfleto e irá disponibilizar informações complementares para as que já estavam no panfleto.

Se o seu produto for um pouco mais complicado de se utilizar ou precisar de uma montagem, esqueça o manual. Inserir um QR code com link para um vídeo tutorial pode gerar muito mais satisfação que um manual complicado.

marketing mobile com qr code

Notificações

Se o seu negócio possui um aplicativo, você poderá usar e abusar das notificações em tempo real para o seu cliente. Existem muitas formas de se usar esse recurso, desde que você tenha um aplicativo.

Uma forma, por exemplo, é utilizar as notificações para enviar promoções baseadas nas atividades do cliente no app. Ele visualiza muitos calçados? Então envie uma notificação de promoção de tênis, e assim em diante.

Outra possibilidade é o uso moderado das notificações para finalizar uma compra. Quantas vezes você não entrou em um aplicativo de compras e deixou algo no carrinho por dias, até enfim adquirir?

As notificações podem ser personalizadas para serem enviadas nesta situação, agilizando o fechamento de um negócio.

marketing mobile usando estratégia interativa

O que é uma estratégia interativa

Qualquer estratégia que utilize as ações do cliente com a sua marca pode ser chamada de interativa. E qual lugar melhor para realizar interações que na tela do smartphone?

Utilizar estratégias de interativas no marketing mobile se trata de fornecer conteúdos com os quais o cliente tenha participação na criação. Isso pode ser feito por enquetes em storys e postagens de redes sociais.

Ao utilizar uma estratégia interativa você aumenta o engajamento com sua marca e cria uma agradável experiencia de participação no cliente, mostrando que ele é foco.

E não podemos subestimar o valor de uma boa experiência: segundo pesquisa da Smart Insights, 60% dos clientes não volta a visitar um site ou loja virtual se a primeira experiência for ruim.

Aplicando estratégias interativas no marketing mobile

Conteúdos interativos são uma boa forma de divertir o cliente e expor sua marca de uma forma mais leve e menos como uma venda.

Além do mais, com a tecnologia presente nos smartphones atualmente, qualquer conteúdo interativo pensado para computadores, podem ser adaptados ao mobile sem muitas dificuldades.

Pensando em tudo isso, existem alguns conteúdos interativos que se saem melhor no mobile que outros. Vamos falar um pouco de cada um deles:

Testes

Testes e quizzes nunca estiveram tão em alta! E você pode investir em diversos temas, desde uma série que esteja bombando no momento, com algum prêmio para quem acertar mais ou apenas testes do tipo de personalidade.

E dá pra ir mais a fundo que isso: você pode criar testes sobre assuntos com os quais sua marca trabalha, para verificar em primeira mão os interesses dos seguidores e seus conhecimentos e assim produzir conteúdos e campanhas personalizadas, com dados coletados diretamente.

Calculadoras

Este é outro excelente modelo de conteúdo interativo a ser oferecido ao cliente.

Você pode apresentar calculadoras para simular frete para regiões ou mesmo para apresentar a economia de contratar um serviço seu ou adquirir uma promoção.

É bem interessante e efetivo de ser aplicado, especialmente em lojas virtuais.

Mapas

Existem alguns programas no mercado capazes de criar mapas personalizados com os dados de localização que seu cliente insira nele, fornecendo uma experiencia de navegação (física) mais agradável e dinâmica até seu negócio.

Games

Outro tipo de conteúdo interativo que faz muito sucesso são os games. Quem nunca perdeu alguns minutos nos que aparecem com frequência na página inicial do Google?

O uso dos games pode servir para expor de forma divertida uma solução para algum problema do cliente, divulgar um produto ou conseguir um compartilhamento.

homem interagindo com mobile marketing

Para que utilizar estratégias interativas

Como percebe-se, o marketing interativo se baseia na troca de informações com os clientes. Isso faz parte do chamado marketing 4.0, onde o foco do marketing não é o produto e sim a sua audiência.

E como produzir conteúdos pensados no público? Obtendo informações sobre suas necessidades. E esse é um do motivo para se utilizar das estratégias interativas nas suas campanhas de marketing mobile.

Obter informações do público

A prospecção de dados é uma realidade bem comum no marketing hoje: qual site não solicita o e-mail seja oferecendo um newsletter ou um ebook? E esta é palavra chave aqui: oferecer.

Agora imagine a quantia de informações você gera todos os dias ao navegar na internet, para além de seu e-mail: preferências políticas, religiosas, gostos por esportes ou cinema e até mesmo documentos e números de cartões.

Esses dados são importantes para lojas virtuais que traçam um perfil do cliente com base em suas compras, sabendo qual tipo de produto devem oferecer para obter mais sucesso.

Porém o desafio é fazer o seu público se engajar nestas pesquisas. E aí que entra o uso das estratégias interativas com criação de questionários, landing pages e quizzes.

Leads

A captação de leads é essencial, sem dúvidas. Mas entre a captação e a conversão, muitas pessoas se esquecem da nutrição de leads.

O caminho que vem depois de conseguir captar o seu lead é informa-lo sobre o assunto, apresentar sua solução e dar motivos para ele considera-la. Nesta fase o usuário deve ter uma boa experiencia coma marca e conhecer as vantagens práticas daquela marca.

Uma forma de apresentar estas vantagens por exemplo, pode ser a já citada calculadora interativa: onde o seu cliente pode fornecer os dados e você a partir de cálculos apresentar o ganho. Exemplo:

Sua empresa vende um software de gestão de NF-es. Seu cliente já conheceu a marca e está na fase de consideração dita acima. Uma calculadora pode mostrar a ele a economia de dinheiro e tempo (horas) que ele teria em contratar seus serviços, com base na média de tempo que este trabalho iria custar a ele e que os concorrentes cobrariam.

Outro uso (para este caso hipotético), pode ser o de aplicativos grátis como modo de apresentação da solução. E com opções avançadas que podem ser adquiridas na compra.

Fidelização

Por fim, o trabalho não acaba na conversão, e é preciso um pós-venda excelente para manter o cliente com você.

Como já dissemos, o marketing mobile oferece a oportunidade de um acompanhamento pós venda dinâmico e ágil. Unindo isso a estratégias interativas é possível colher depoimentos que reforcem sua marca e até incentivar o cliente a divulgar sua marca no perfil pessoal.

Além disso, agora você pode oferecer a ele conteúdo personalizado a respeito do serviço ou produto adquirido. No caso que imaginamos poderiam ser tutoriais, por exemplo. Ou uma loja de camisetas pode oferecer dicas de conservação.

Essas práticas fazem o cliente se sentir importante após e venda, e não apenas outro lead.

 

 

 

 

 

Gostou de nosso post? Compartilhe: