Mapa de empatia: saiba como fazer e conquistar seu público

30/03/2020 às 13:53 Marketing

Mapa de empatia: saiba como fazer e conquistar seu público

O mercado está cada vez mais concorrido. Independente do segmento é preciso encontrar novas formas de conquistar o cliente. E para isso, é necessário compreender o comportamento e as necessidades dos consumidores.

Uma boa ferramenta para otimizar esse processo é o mapa da empatia.

Fazer um mapa da empatia para o seu público-alvo pode lhe ajudar a entender e definir qual é o seu perfil de cliente ideal.

Aqui, você vai entender o que é o mapa da empatia, como você pode fazê-lo e saber quais são os principais benefícios que ele pode trazer para a comunicação e as vendas da sua empresa.

O que é o Mapa da Empatia?

A empatia é uma capacidade muito necessária nos dias atuais. Com toda certeza, você já viu coaches e psicólogos falando sobre empatia.

No próprio mercado de trabalho, essa competência está sendo bastante cobrada. A empatia é a capacidade se colocar no lugar do outro e compreendê-lo.

Podemos e devemos fazer isto com nossos clientes. E isso não deve ficar apenas em nosso imaginário, o mapa da empatia surgiu como uma ferramenta para que possamos colocar as características dos nossos clientes no papel.

Assim, o mapa possui divisões onde conseguimos destrinchar questões como as dores, as necessidades e as emoções do cliente.

Olhar para um mapa e ver todos os pontos analisados é de grande valia para praticar a empatia e alavancar as vendas.

A ideia do mapa da empatia é mapear todos os pontos necessários para compreender o cliente. Assim, você montar uma comunicação estratégia mais eficiente.

O mais legal do mapa é que ele reúne diversos fatores em uma única página, ou seja, você sempre estará vendo tudo o que foi analisado.

Como fazer um mapa da empatia?

Você pode fazer um mapa da empatia de diversas formas.

É possível desenhar o mapa em uma lousa, fazê-lo com algum programa de computador ou mesmo de papel, onde ele pode ser preenchido com post-its.

O mapa deve ser dividido em seis partes. Na parte superior, você deve colocar quatro espaços, com as perguntas:

  • O que pensa e sente?
  • O que escuta?
  • O que fala e faz?
  • O que vê?

E a parte inferior deve ser dividida em dois espaços com as perguntas:

  • Quais são as dores dele?
  • Quais são seus ganhos?

Bom, para não partir do zero, você pode pegar todas as informações sobre o histórico dos seus clientes com a sua empresa e montar uma persona para o seu negócio. 

Com a figura da persona, você pode preencher o mapa da empatia.

Vamos mostrar abaixo como preenchê-lo, veja:

O que vê?

Nesse ponto, você deve listar quais são as coisas, atividades mais comuns no cotidiano da sua persona.

Como é o mundo em que ela está inserida? Quem são seus amigos? O que ela faz?

O que ouve?

Nessa parte, você deve colocar qual é o tipo de música que a persona ouve, mas não só isso.

Busque entender quais são as suas principais influências, quais são os principais meios de comunicação dela, quais são suas marcas e produtos favoritos, tudo o que ela consome.

O que pensa e sente?

No terceiro quadro, você deve entender o que a sua persona pensa, como ela se posiciona nas mais variadas questões.

Quais são os sonhos e as preocupações, como ela enxerga o mundo, quais são as ideias que ela propaga nas redes sociais.

O que fala e faz?

Aqui, você deve listar o que a sua persona consome, qual é o comportamento dela, o que ela faz no dia a dia, como ela fala com os amigos e família, quais são os hobbies que ela pratica, etc.

Quais são as suas dores?

Chegando na parte inferior, neste ponto você deve buscar entender o que o público espera de um produto e porque ele o utiliza.

O que a sua persona precisa para alcançar seus objetivos? Como ela prefere? Quais são as frustrações e os medos que ela possui?

Quais são as suas necessidades?

Aqui, você deve listar quais são as necessidades da sua persona. O que ela considera como sucesso?

O que ajudaria a superar os problemas? Quais são os sonhos e como ela espera alcançar os objetivos?

Um mapa de empatia assertivo é focado em percepções ligadas a sua estratégia de marketing.

O objetivo deste recurso é facilitar a comunicação com os clientes e lhe ajudar a classificacr seus leads.

Quais são os principais benefícios do mapa de empatia?

Essa é uma ferramenta fundamental para otimizar a estratégia de marketing de um negócio.

Abaixo vamos listar os principais benefícios do mapa de empatia para a sua empresa, confira:

Facilita a análise do perfil do cliente

Com o mapa da empatia, você reúne as principais informações sobre a sua persona em uma única página.

E com isso, você consegue olhar para todos os pontos ao analisar o perfil do cliente para definir uma estratégia de marketing assertiva.

Maior compreensão sobre o público

Uma análise profunda do mapa de empatia é fundamental para compreender melhor o seu público.

Este é um grande benefício dessa ferramenta. A reunião de informações diversificadas sobre os consumidores ajuda bastante na compreensão do comportamento do seu perfil de cliente.

Baixo custo e agilidade

Você não precisará gastar um real para fazer um mapa de empatia. Basta usar o quadro da sua empresa ou uma folha de papel ofício, por exemplo.

E para montar sua persona e preencher as informações, você irá usar os dados que já possui sobre seus clientes, ou seja, você não precisa nem ir a campo.

Outra forma gratuita é realizar uma pesquisa online para angariar mais dados.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog. Conheça o nosso serviço de E-mail Marketing.

Gostou de nosso post? Compartilhe: