Como vender minha Empresa de Hospedagem

04/12/2018 às 09:02 Hospedagem de Sites

Como vender minha Empresa de Hospedagem

Com a crise econômica que atingiu o país nos últimos anos, muitas empresas fecharam no Brasil em diversos setores.

Por mais que muitos empreendedores tenham surgido no mercado, a grande maioria deles trabalha como PJ para outras como MEI, por exemplo.

Dentro os setores que foram atingidos pela crise, está o setor de hospedagem de site.

Com a forte recessão, muitos empresários desistiram de criar uma presença online através de um site ou mesmo uma loja virtual em alguns casos.

Com o crescimento das redes sociais e de ferramentas gratuitas do Google, muitas empresas decidiram por apenas usar esses meios para se promoverem na internet, em vez de investirem num servidor de hospedagem, num bom domínio, etc.

E qual é o resultado disso? É simples! Com a diminuição da demanda, a oferta encarece e acirra a concorrência.

Com menos potenciais clientes no mercado, há uma disputa maior entre as empresas de hospedagem para conquistar novos e manter antigos clientes.

Devido a essa forte competição algumas empresas do setor literalmente quebram e tentam se manter mês a mês levando prejuízo.

Isso acontece por que muitas dessas empresas ainda não tinham conseguido se consolidar no mercado e foram pegas pela crise.

E por não estarem estabilizadas no mercado, essas empresas não puderam se dar ao luxo de fazer promoções de seus servidores como as grandes empresas do setor de hospedagem fizeram e fazem recorrentemente, também não puderam investir mais no serviço e na melhoria dos serviços por falta de recursos.

Por esses e por outros motivos, muitos donos de empresas de hospedagem vêm tentando procurar um jeito de sobreviver ao mercado e pensam na venda do negócio ou de seus ativos para sobreviver no mercado e não acumular dívidas.

Para lhe ajudar e facilitar todo esse processo de venda do seu negócio, fizemos esse texto.

Abaixo você poderá entender quais são os passos para vender a sua empresa de hospedagem e ter um bom lucro com isso, confira:

Decida se você quer vender a sua empresa

Para entrar num processo de venda do seu negócio, é preciso ter certeza de que vender a sua empresa é um bom negócio e é o que você precisa.

E isso parte de uma decisão que deve ser tomada após uma avaliação de mercado.

Muitos empreendedores querem vender os seus negócios, mas não para estudar o quanto isso pode ser proveitoso para ele e por isso não se decidem, de fato, se querem vender suas empresas.

Confira também: Hospedagem barata para o seu site compensa?

E como avaliar se preciso e quero vender minha empresa? Existem inúmeros motivos que podem fazer um empreendedor optar pela venda de uma empresa.

Se tratando no caso de hospedagem, esses motivos provavelmente a dificuldade de manter ou aumentar uma base de clientes.

E por conta de um baixo número de clientes, essas empresas acabam levando prejuízo.

Como bem sabemos, para manter uma empresa de hospedagem de site é preciso manter toda uma infraestrutura para garantir o desempenho e a segurança dos servidores, além dos gastos com profissionais especializados, entre outros.

Por ser um negócio que gera um custo mensal relativamente alto, muitas vezes a conta não fecha quando a carteira de clientes é mínima.

Então, avalie qual é o potencial do seu negócio e veja se as previsões a curto e médio prazo são boas ou se não são nada animadoras.

A nossa dica é que se não for nada animador, se você avaliar que não consegue crescer a sua empresa com um custo baixo de investimento, é melhor que você realmente decida vender a sua empresa.

Teste 30 dias de Revenda.

Avalie o melhor modelo de venda para sua empresa

Há muitos modelos de venda de uma empresa no mercado atual.

Para o ramo de hospedagem, que é uma área de oferta de serviços, o que se pode vender é a infraestrutura da empresa e a base de clientes que ela possui, estes são seus ativos.

E para vender uma empresa com essas características é essencial calcular o valor de venda. A ideia é que você possa entender o quanto seu servidor vale e o quanto seu cliente vale.

Outro ponto importante é definir como você quer ver a sua antiga empresa no futuro.

Pense no seguinte: quero vender a minha empresa, mas tenho que garantir os meus clientes, eles não podem ficar desguarnecidos.

Essa obrigação de resguardar os clientes durante a transição para o novo dono inclusive é uma responsabilidade jurídica que você deve cumprir.

Com isso, é preciso saber o que o comprador irá fazer com a sua empresa. Não adianta, por exemplo, vender a sua empresa para quem em certo prazo pretende acabar com o serviço de hospedagem e ficar apenas utilizando o seu servidor.

Por isso, é importantíssimo escolher um comprador que queira continuar prestando serviços aos seus clientes e lembre-se que isso pode gerar um dinheiro para você mensalmente.

Um dos modelos de venda mais comuns no mercado é aonde você transfere as responsabilidades de sua infraestrutura para um novo dono e preserva de alguma maneira seus clientes, ganhando uma comissão mensal por eles.

O que pensando por esse lado pode gerar um lucro mensal para você.

Garanta a manutenção da qualidade do servidor após a compra

Como já adiantamos acima, é preciso garantir que seus clientes não ficaram desguarnecidos. Porém, não é apenas isso que precisa ser considerado.

Principalmente se você escolher manter uma comissão mensal de sua base de clientes atual, você deve garantir que o comprador tem total capacidade de assumir a sua infraestrutura.

Manter a qualidade dos serviços prestados para os seus clientes é importantíssimo e pode evitar futuros problemas judiciais para você como antigo responsável pela empresa.

Por isso, cheque todas as referências dos compradores em questão e veja qual escolher para ter a certeza de garantir que a qualidade do seu serviço está garantida.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog. Conheça o nosso serviço de Revenda de Hospedagem.

Gostou de nosso post? Compartilhe: