7 dicas para aumentar a sua reputação como freelancer

02/04/2019 às 09:28 Ajuda

7 dicas para aumentar a sua reputação como freelancer

O trabalho de um freelancer surgiu dentro das novas relações de trabalho que o mundo moderno trouxe, nesse sentido, a maleabilidade dos horários, prazos e valores, assim como, a possibilidade de se livrar das contratações mais burocráticas e poder trabalhar para si mesmo em um projeto em que se acredita, são fatores atraentes para os freelancers.

Alguns passos são fundamentais para que o freelancer comece nesse novo modus de trabalho e futuramente adquira uma reputação de sucesso no mercado: um projeto original por que é reconhecido, um preparo e uma boa lida financeira, o estabelecimento de uma rotina de atividades que seja condizente com a sua demanda e o constante aperfeiçoamento em suas práticas e em sua área são pontos essenciais para uma carreira de êxito como freelancer.

E, com o passar do tempo atuando como freelancer, uma base de clientes é elaborada e o seu nome vai criando corpo dentro do mercado, destacando-se pelo produto ou serviço que é oferecido por você.

Com a alta competitividade, sempre há freelancers concorrentes prontos para acabar com o prestígio aprimorado por anos com descontos e apresentações incríveis, tirando os seus clientes fiéis de você, de modo que, para que esse ritmo se mantenha e se aperfeiçoe, algumas dicas são importantes, por exemplo:

1 – Cuidado com o branding pessoal:

São um conjunto de ações que posicionam a marca do freelancer no mercado, diferenciando-o positivamente do demais e atraindo a atenção dos clientes em meio a tantas possibilidades de contratação.

Serve ainda para reafirmar a qualidade de sua entrega aos já fidelizados clientes, encorpando sua reputação.

2 – Atuação nas redes sociais:

As redes sociais são canais online que se conectam diretamente com seus clientes e clientes em potencial.

O freelancer deve usá-las conforme o seu nicho e a demanda de seu público-alvo, a ideia é que se entregue o que se tem a que quer, e as redes sociais fazem essa ponte.

É preciso estar disponível à interação com os usuários, a troca de ideias e à percepção do que mais agrada ao público.

3 – Alimentação de um blog ou site profissionais:

Todo freelancer precisa de um espaço online que formalize suas atividades e que agreguem credibilidade a sua marca: os blogs e os sites com informações e ofertas profissionais funcionam dessa maneira.

Os planos básicos de hospedagem de site são ideais para quem está começando na internet, os planos são a partir de R$ 9,90 (pagamento mínimo trimestral para esse plano). Confira já!

4 – Estabelecimento de parcerias:

A parceria entre freelancers não apenas reduz o tempo de entrega de suas tarefas, como o otimizam, expandindo o objeto de sua tarefa, o que quer dizer lucratividade, isso, pois, se há outro profissional envolvido ou ele complementa a sua função ou ele a divide com você, oferecendo ao público algo mais completo e qualificado em menos tempo.

5 – Investimento em capacitação:

É preciso estar sempre atualizado e por dentro das novas tendências do mercado para que seus métodos não se tornem obsoletos e desagradem ao público.

Capacitações em sua área de freelancer são essenciais.

6 – Cuidado com o portfólio:

O portfólio do freelancer deve sempre estar atualizado e destacar os seus pontos mais fortes a fim de que novos clientes se interessem pelo seu trabalho e que os antigos continuem satisfeitos.

7 – Não caia na rotina:

Todo trabalho deve ser feito como se fosse o mais importante sempre. As melhores técnicas de sua área de atuação como freelancer devem ser usadas, a fim de que se entregue o melhor produto.

Nada de trabalho meia boca, a entrega deverá ser excepcional, mesmo sendo algo simples ou de baixa remuneração. Não se trata de uma estratégia muito complexa, mas de algo bem elaborado e executado.

Gostou de nosso post? Compartilhe: