4 dicas para receber pagamentos online sem dificuldades

23/03/2019 às 08:30 Loja Virtual

4 dicas para receber pagamentos online sem dificuldades

Quando pensamos em abrir um negócio online, devemos pensar em como receber os pagamentos.

E receber pagamentos online podem gerar muitas preocupações em relação ao recebimento do valor do produto ou serviço prestado e das taxas incluídas na operação.

Existem muitos meios seguros de realizar transações virtualmente garantindo tanto a segurança da empresa como a do cliente.

O ideal é que você pesquise todas as taxas e também estude o seu público para oferecer a ele os melhores meios de pagamento.

Confira as dicas para receber pagamentos online abaixo:

Nunca esqueça do boleto bancário!

Sim! Mesmo com a facilidade para pagamentos com cartões é essencial que você mantenha o boleto bancário como meio de pagamento disponível no seu negócio.

Ao contrário do que pensam, o boleto é um dos meios preferidos dos consumidores, já que muitos deles acabam abandonando os cartões para não contraírem dívidas.

Com as mudanças feitas pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos) em 2018, as empresas, independente do tamanho e segmento, são obrigadas a fazer o registro de todos os boletos, conferindo todas as informações contidas nele.

Isso facilita bastante na hora de vender! Por que?

Por que garante que o pagamento do cliente não será desviado e dá uma segurança maior ao consumidor de que ele receberá o produto.

Além disso, o boleto bancário é aceito por qualquer pessoa ou empresa (caso você tenha um negócio B2B) e pode ser pago em qualquer banco, casa lotérica ou pelo aplicativo do banco e tem taxas menores do que as são cobradas para vendas no cartão de crédito.

Envie fatura por e-mails e coloque botões de pagamento no seu site

Essa é uma dica de ouro para quem tem uma microempresa. Um e-commerce pequeno geralmente não vende muito e por isso, você pode montar uma estrutura básica de venda.

Assim, os custos serão reduzidos e o cuidado da parte operacional das vendas facilitado.

Existem serviços como o PayPal e o PagSeguro, por exemplo, que permitem o envio de faturas para o e-mail do cliente.

Sem uma grande estrutura, você pode atrair os clientes com o pagamento por e-mail. É um método simples, seguro e que está documentado.

Outro modo fácil de implementar um sistema de pagamento no seu site é utilizar os botões de pagamento.

Serviços como o PayPal, o PagSeguro, o Mercado Pago, entre outros, oferecem botões personalizáveis para serem postos numa loja virtual.

Dessa forma, o usuário pode escolher qual tipo de botão deseja e inserir o código no seu site.

A ideia é deixar o pagamento mais fácil, garantido e você mesmo pode fazê-lo, sem a necessidade de contratar um desenvolvedor web para isto.

Confira também: 5 passos para montar sua loja virtual.

Ofereça parcelamento sem juros no cartão de crédito

Um dos maiores atrativos do cartão de crédito é a garantia de recebimento automático ou em poucos dias do valor total da compra, mesmo que ela seja parcelada pelo cliente.

O lado ruim são as taxas cobradas, mas dependendo do valor de pagamento e das condições do seu negócio, aconselhamos uma coisa: ofereça opções de parcelamento sem juros.

Apesar de aumentar as taxas, parcelas sem juros no cartão pode lhe garantir mais vendas e evitar que clientes abandonem produtos no carrinho de sua loja virtual.

O ideal é que você faça as contas e se inteire das taxas cobradas para saber a quantidade de parcelamento exata que lhe mantém com um bom percentual de lucro.

Sistemas de pagamento como o PagSeguro, por exemplo, permitem a criação de promoções através de compras parceladas.

Dessa forma, você já pode enviar ao cliente a oferta e quando ele escolher o parcelamento, a promoção já é válida e os juros não entram nas parcelas da compra.

Venda direto pelas redes sociais ou pelo WhatsApp

Uma das maneiras para reduzir custos e não deixar de vender, é fortalecer as redes sociais do seu negócio.

Sistemas de pagamento como o PagSeguro e o Mercado Pago cedem links de pagamento para que os clientes efetuem uma compra via WhatsApp ou redes sociais.

Nesse link, o cliente pode escolher como pagar e assim que o pagamento é realizado, você recebe uma notificação pelo celular e o dinheiro em sua conta no serviço.

Essa é uma maneira prática e econômica de seguir vendendo quando não se tem muitos recursos para investimentos.

Se afilie a marketplace e aumente suas vendas

A última dica do texto é se afiliar a marketplaces. Se você não sabe o que é isso, vamos lhe explicar. Basicamente, o marketplace é uma loja virtual que vende produtos de várias marcas.

As grandes empresas do mercado como Walmart, Lojas Americanas, entre outros, já possuem seus próprios marketplaces com inúmeros parceiros.

Esse trabalho acontece em parceira e ambos saem ganhando, o dono do marketplace incorpora produtos que ele ainda não vende em sua loja e você eleva o alcance da sua marca, fazendo com seus produtos cheguem a mais pessoas com mais facilidade.

A divisão de venda é simples, a maior parte da venda é sua e o intermediador (dono do marketplace) ganha uma comissão.

Na maioria das vezes, o marketplace cuida do envio dos produtos, ou seja, nem com isso você precisa se preocupar.

Essa é uma excelente maneira de turbinar as vendas se você está começando agora no mercado.

Conclusão

Como vimos no texto, são vários os meios de pagamentos online seguros e o ideal é que você consiga integrá-los e aproveitar para potencializar suas chances de vendas, diversificando o leque de produtos e as opções de pagamento.

Gostou?  Confira mais dicas em nosso blog.

Conheça o nosso serviço de Loja Virtual.

Gostou de nosso post? Compartilhe: