4 dicas para internacionalizar a sua marca

19/08/2019 às 09:58 Marketing

4 dicas para internacionalizar a sua marca

Com a globalização é possível vender seus produtos em todo o mundo com uma estrutura bem menos custosa, se comparada a outros tempos.

Já pensou em ampliar o mercado da sua empresa? Isso pode ser feito através da internacionalização da sua marca.

Parece meio complicado, e sim, dá bastante trabalho, mas se tornar uma marca internacional virou uma possibilidade viável para muitas empresas.

É preciso acompanhar outros mercados e definir os processos de entrada para dar prosseguimento a internacionalização da sua marca.

Para lhe ajudar a começar este processo e ter bons resultados, separamos várias dicas para ter uma internacionalização de marca bem-sucedida, confira abaixo:

Defina quais serão os mercados onde sua marca vai atuar

Para atender clientes de outros países é preciso ter uma estrutura que permite um bom atendimento e uma rápida entrega de produtos. Por isso, é essencial escolher alguns países para iniciar a atuação internacional da sua marca.

A dica é escolher os países por certas características: proximidade territorial, semelhanças culturais, idioma mais fácil, poucos concorrentes, impostos e taxas menores, possíveis incentivos fiscais, logística de produção e entrega.

Ao entrar em um mercado novo, você estará lidando com uma nova cultura, novas regras tributárias e tudo isso pode ser difícil de ser entendido.

Por isso, reduzir o número de países no começo da internacionalização da sua empresa é essencial para dar início a esse processo.

Vender desordenadamente pode trazer inúmeros prejuízos a sua marca e a arruinar a sua internacionalização.

Definir alguns países para atuação é uma maneira de abrandar a velocidade do processo e garantir que ele tenha mais eficiência.

O ideal é que dependendo dos recursos e do potencial da sua empresa, você escolha poucos países, ou mesmo, comece um processo de país em país para ter uma internacionalização consolidada em países de um ou mais continentes a longo prazo.

Confira também: Vantagens do Cloud Server.

Faça um intensivo sobre os países que você pretende atuar

Depois que você definiu alguns países para dar início a internacionalização da sua marca, agora é hora de estudá-los a fundo.

Para que clientes do exterior comprem seus produtos, existem alguns fatores essenciais para garantir um bom atendimento: entender a cultura do local, fuso-horários, feriados e falar bem o idioma principal.

Entender os traços culturais dos consumidores de seus novos mercados é essencial para garantir vendas. Isso é fundamental para construir uma boa reputação em outro país.

Pense que você está começando de novo, da mesma forma que você estudou o seu público para atuar no Brasil, será assim em outros países pelo mundo.

Cada país tem suas próprias características, em alguns locais o público é mais receptivo, mais direto, mais introspectivo, e por isso, é essencial entender a essência de cada povo.

No Brasil, por exemplo, os habitantes de cada região do país têm características culturais diferentes.

Se precise, comece a sua atuação em um novo país, indo região por região até conseguir entender os traços culturais e o idioma mais claramente.

Em muitos países pelo mundo, não há um idioma majoritário. Muitas vezes, algumas regiões utilizam outras línguas locais e isso pode dificultar a sua atuação em um novo país.

Entender qual é a melhor maneira de se comunicar com clientes de cada região é fundamental para uma resposta rápida a atuação da sua marca.

Outros fatores que incitam cuidados são os fuso-horários e os feriados do local. Já pensou ligar quando seu cliente está dormindo? Isso é algo que pode acontecer.

Dar uma atenção especial a estes fatores é primordial para seguir a dica que daremos a seguir: definir o posicionamento da sua marca no mercado internacional.

Baixe já o ebook de CloudLinux.  

Defina o posicionamento da sua marca

Para internacionalizar a sua marca, você não pode simplesmente replicar a estratégia que utiliza no Brasil. Como vimos acima, cada povo tem seus próprios traços culturais e existem muitos fatores em que é preciso pensar na hora de formar um posicionamento.

Utilize o seu intensivo para formular uma estratégia de entrada no novo mercado, baseada nas informações que você obteve sobre os consumidores do local.

Você verá que em muitos lugares será preciso mudar algumas características do seu atendimento e até mudar o nome da marca.

Muitas vezes, usar o nome da sua empresa em português não causará o mesmo efeito em outros países.

É preciso escolher um nome forte, que soe bem no idioma local e possa ser, de fácil pronúncia e de fácil memorização.

Escolha os principais meios de pagamento para cada país

Esse é um ponto crucial para o sucesso da sua estratégia de internacionalização. Os meios de pagamento são importantíssimos para garantir as vendas. Dependendo do país, os clientes utilizam moedas locais e meios diferentes.

Essa alternação deve ser observada para que sua empresa implemente métodos de pagamento mais eficientes em sua região. Ter uma estratégia eficiente de pagamentos facilita a consolidação da sua marca em novos mercados.

Bom, acredito que depois de todas essas dicas, você esteja preparado para começar o planejamento de internacionalização da sua empresa. Apesar de ser um grande desafio, internacionalizar a sua marca depende apenas de atenção aos dados e de insights valiosos para trazer bons resultados.

Conclusão

Agora que você já tem uma visão mais abrangente sobre o assunto, é hora de arregaçar as mangas e começar o trabalho. A internacionalização da sua marca pode ser o passo que faltava para garantir a credibilidade do seu negócio no Brasil e no mundo.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog. Conheça o nosso serviço de Cloud Gerenciado.

Gostou de nosso post? Compartilhe: