3 dicas para vender mais com análise de dados

21/07/2018 às 19:59 Ajuda

3 dicas para vender mais com análise de dados

Com o crescimento da internet nos últimos anos, vender online se tornar uma das maiores vantagens de donos de pequenas e médias empresas no Brasil.

Depois do “boom” do marketing digital, muitos empreendedores descobriram que através da ajuda de dados seria possível não só medir os resultados de uma estratégia e conseguir vender mais no mercado digital.

Hoje em dia, qualquer profissional de marketing passa uma parte considerável do seu dia utilizando ferramentas de mensuração e acompanhamento de dados, checando e monitorando os resultados de cada ação de marketing em tempo real.

Isso possibilita fazer os ajustes necessários em campanhas e focar apenas em materiais que chamem a atenção de potenciais clientes, além disso é possível automatizar algumas funções para que seus funcionários ganhem em produtividade e possam se dedicar apenas a tarefas mais importantes.

Neste texto, vamos explicar melhor o que é análise de dados e dar algumas dicas de como ela pode ajudar sua empresa a crescer no mundo digital.

O que é análise de dados?

A análise de dados é a mensuração e o acompanhamento de resultados obtidos em campanhas de marketing.

Qualquer ação gera algum efeito, seja ele positivo ou negativo, e através das métricas e de indicadores de performance é possível estruturar todo um conjunto de dados e definir uma estratégia de vendas mais assertiva para sua empresa.

Analisar os dados é um conceito indispensável para o crescimento de um plano de marketing digital.

Através disso é possível organizar bem melhor suas ações, prospectando e fidelizando mais clientes em menos tempo.

Pense da seguinte maneira: Uma planilha é apenas um amontoado de dados, mas quando você organiza e distribui as informações e estipula métricas, você conseguir medir a performance de sua empresa no mercado e saber se você tem uma boa estratégia de vendas, e principalmente, o que está dando errado para que você consiga melhorar.

Seja para encontrar problemas ou soluções ou para facilitar a tomada de decisões, a análise de dados é bastante importante para qualquer empresa que atue nos meios digitais.

Como posso aumentar minhas vendas fazendo uma análise de dados?

Analisar dados sem estipular métricas não irá adiantar, é preciso definir os KPIs (Indicadores Chave de Performance) antes de começar a coletar e tabular dados. Confira nossas dicas abaixo:

Estruture bem seus dados

Como citamos acima, é preciso determinar quais são os indicadores, as métricas que você usará em sua análise de dados.

São elas que darão todo o sentido para que você ter uma noção mais assertiva de qual ação você deve investir, qual você deve melhorar e qual deve ser deixada de lado.

Não adianta fazer relatórios, planilhas e outros documentos se estes indicadores não estão claros para você e os membros de sua equipe.

Isso será como dar um tiro no escuro, ou seja, por mais que você faça uma análise de dados, você não conseguirá resultados.

Definir quais são os indicadores e as métricas que serão utilizadas será essencial para que seu negócio possa andar nos trilhos.

Faça uma reunião e defina seus objetivos a curto, médio e longo prazo. A partir daí, pesquise e defina as métricas mais relevantes que podem ajudar a mostrar se você está ou não no caminho certo para bater as metas estipuladas.

Faça com que sua equipe esteja por dentro de todo esse processo de definição e padronização das métricas.

Assim, os relatórios produzidos irão gerar informações úteis e que podem ser utilizadas para reforças ou repelir uma ação e principalmente para tornar mais assertiva a tomada de novas decisões para o seu negócio.

Teste 30 dias de Hospedagem de Site grátis na ISBrasil.

Use ferramentas de automação de marketing

Para que seus funcionários possam fazer uma boa análise de dados, eles devem conseguir formatar uma planilha ou um relatório com base em todas as informações possíveis sobre seus clientes, suas finanças, etc. E claro, fazer isso manualmente é humanamente impossível.

É por isso que é preciso usar ferramentas de automação de marketing para integrar todo o seu sistema de vendas e facilitar a coleta e a análise dos dados.

Além de deixar o trabalho mais rápido, o uso dessas ferramentas também deve acabar com as possibilidades de falhas em alguma informação, o que acontece quando os dados são organizados por humanos.

E essas ferramentas ainda vão mais longe, já que além de servirem para melhorar a assertividade e a compreensão de uma análise de dados, elas também servem para atender demandas maiores, fazendo com que sua empresa possa atender a mais clientes e logicamente lucrar mais.

Vendarketing (Vendas + Marketing)

Esse termo é uma junção das palavras “vendas” e “marketing” e tem como foco a integração entre esses dois times para aumentar as vendas de uma empresa. A necessidade de unir esses dois setores vem das confusões que costumam surgir entre eles.

E para conseguir trabalhar com uma análise de dados mais assertiva é preciso que haja uma integração entre estes setores para que ambos saibam o que compete a cada um.

É preciso padronizar todo o processo de coleta, armazenamento e análise dados para que os relatórios sejam mais completos e precisos possíveis.

Segundo pesquisas, as empresas que adotam o conceito de vendarketing conseguem aumentar suas receitas em até 20% ao ano.

Isso deve ao fato de que a integração entre marketing e vendas se bem-feita, permite que a qualidade dos leads gerados seja bem superior.

Através da integração e da definição dos padrões do processo de análise de dados é possível determinar quando um lead está pronto para compra, quando ele deve ser melhor trabalhado, etc.

Essa união também deve gerar uma experiência de compra melhor para o cliente.

Gostou das dicas? Confira mais sobre o assunto em nosso blog. Conheça o nosso serviço de Hospedagem de Site.

Gostou de nosso post? Compartilhe: